Pular para o conteúdo principal

"Lusco Fusco": novo EP de Mary Jane apresenta a força das mulheres de opinião

A atitude e a força das mulheres de opinião com um toque de sensualidade. É o que apresenta o novo EP da cantora Mary Jane. Lusco Fusco é o título do novo trabalho da capixaba, lançado nesta segunda-feira (8), no Dia Internacional da Mulher.

O EP de Mary Jane tem ao todo três faixas. (FOTO: Patrik Braga)
A temática está presente nas letras das músicas, e fica bem clara em trechos das músicas. "É importante ser falado da liberdade de ser mulher, do espaço de fala que precisa ocupado exaltado e respeitado", explica a artista, que chega no cast da Boogie Naipe.

O EP tem ao todo três faixas: Disritmia, Dona e Atemporal. O último single ganhou também videoclipe no YouTube e todas as músicas estão nas plataformas digitais.

As faixas foram produzidas entre os meses de dezembro e janeiro, e quem assina a produção é Léo Grijó. As artes gráficas são de Wellington Willer, e todo trabalho de imagem e fotografia são de Diego Capeletti. Styling e direção ficaram por conta de Hebert Portilla, e maquiagem por Bruna Monteiro.


Aposta da Boogie Naipe
Conhecida artisticamente como Mary Jane, Mariana Baqui atua como cantora desde 2006, em seu primeiro contato com a música, onde integrava um grupo de samba sendo a vocalista. 

Desde então seu convívio musical é intenso, fazendo-se expandir em outros âmbitos, até que encontrasse onde se identificava.

Atualmente é uma das MCs com mais destaque no Espirito Santo. Uma de suas principais virtudes é unir referências musicais em suas composições. 

Também integrante do Melanina MCs, lançou junto ao grupo, o EP Tesouro Escondido, e o projeto contemplado em edital, o álbum Sistema Feminino, que está disponível em todas as plataformas digitais, e também em formato físico.

Um dos singles do disco, intitulado Cenários, teve videoclipe divulgado no YouTube em setembro de 2017, onde expõem um pouco do seu dia-a-dia e de outras mulheres da cena.

Por trás de suas letras símbolos de resistência e empoderamento feminino, Mary Jane expõe sua visão sobre o cotidiano e vivência das mulheres pretas. Agora pela Boogie Naipe novos horizontes vão se abrir.


Com informações do portal ZonaSuburbana

Comentários

Mais lidas

Agenda Capixaba #43

Agenda Capixaba #40

Agenda Capixaba #37