Pular para o conteúdo principal

Festival de St. Patrick com muito rock em cervejaria de Vila Velha

A cervejaria Bigos, localizada no bairro Glória, em Vila Velha, realiza a partir da próxima quinta-feira (17), o Festival de St. Patrick, que terá seis noites de muito rock. A data marca o Dia de São Patrício, ou St. Patrick’s Day, uma festa da cultura da Irlanda que se expandiu para vários países do mundo a partir da imigração irlandesa.

A banda Ralftone se apresenta no dia 25 de março. (FOTO: Divulgação)
O Saint Patrick’s Day acontece no dia 17 de março, data em que se lembra o aniversário de morte de São Patrício, o padroeiro do país europeu. Atualmente, esse é o maior e mais festejado feriado da Irlanda. 

O festival em Vila Velha terá seis dias nesta e na próxima semana:
• 17 de março (quinta-feira) - Alles Blues - 19h30
• 18 de março (sexta-feira) - Versão Pirata - 20h
• 19 de março (sábado) - Rock Burn - 20h
• 24 de março (quinta-feira) - Treim Caipira - 19h30
• 25 de março (sexta-feira) - Ralftone - 20h
• 26 de março (sábado) - Fulltime - 20h

Os ingressos para o festival estão à venda: R$ 8 (1º lote) e R$ 10 (no dia do show), e podem ser adquiridos na própria cervejaria. No clima do festival, a cervejaria ainda fará uma excelente promoção. Chegado com blusa ou cartola verde a pessoa ganha um chope verde de 300ml.

St. Patrick’s Day
O Dia de São Patrício surgiu em 1903 como uma comemoração religiosa da vida desse homem santo. Mas, a celebração como se conhece hoje ainda demoraria a acontecer. Os tradicionais pubs não abriam nesse feriado e só foram participar ativamente da festa de São Patrício em 1970, muito estimulados pelas cervejarias locais.

Serviço
Festival de St. Patrick
Datas: 17, 18, 19, 24, 25 e 26 de março
Local: Cervejaria Bigos - Rua Nordeste, 73, Glória, Vila Velha
Ingressos: R$ 8 (1º lote) e R$ 10 (no dia)
Vendas: na Cervejaria Bigos
Informações:  (27) 99612-7942

Comentários

Mais lidas

Samba e pagode para curtir a estreia do Brasil na Copa do Mundo

Marien Calixte Jazz Music Festival neste fim de semana, em Vila Velha

Roberto Carlos foi um dos últimos a falar com Erasmo Carlos: “Minha dor é muito grande”