Pular para o conteúdo principal

Dia de Nossa Senhora da Penha se torna feriado estadual

O governador Renato Casagrande sancionou o projeto de lei da Assembleia Legislativa do Espírito Santo, que torna o dia de Nossa Senhora da Penha, padroeira do Estado, em Data Magna e feriado estadual. A lei passou a valer na última quarta-feira (03), após a publicação no Diário Oficial do Estado (Lei nº 11.040).

Imagem de Nossa Senhora da Penha durante a Festa da Penha. (FOTO: Gustavo Andrade/OMMC)
O feriado é sempre comemorado oito dias depois da Páscoa e todos os anos cai em uma segunda-feira. Até este ano, a data marcava o feriado apenas em Vila Velha (Lei nº 5.848, de 09/06/2017)  ponto facultativo em outras cidades a exemplo de Vitória, Cariacica e Cachoeiro de Itapemirim.

A lei é de autoria do deputado estadual Dr. Rafael Favatto, com iniciativa também de Carlos Von e Torino Marques, que apresentaram o projeto na sessão do dia 12 do último mês. Segundo Favatto, o Espírito Santo era o único estado que não possuía Data Magna voltada para comemorações de seu padroeiro. Na mesma data, o projeto, que fora apresentado na Comissão de Turismo e Desporto, foi aprovado por unanimidade no plenário de Assembleia.

Festa da Penha
A Festa da Penha é uma das festas religiosas mais antigas do Brasil, a maior manifestação religiosa do Espírito Santo e a terceira maior festa mariana do país, atrás apenas da festa da Padroeira do Brasil, Nossa Senhora Aparecida, no estado de São Paulo, e a do Círio de Nazaré, em Belém, no Pará. 

Na última edição mais de 2 milhões de devotos participaram do evento, que acontece sempre em nove dias, iniciando no Domingo de Páscoa. E a aprovação da lei concilia com a proximidade da celebração dos 450 anos de história da Festa da Penha, elevando a importância da festa mariana para o Estado e para o Brasil.

Comentários

Mais lidas

Artistas mulheres pedem respeito e mostram que dominam no Luz del Fuego Festival

Destaques OMMC #53

Fotos: Luz del Fuego Festival