Pular para o conteúdo principal

Vitória cancela carnaval de rua mas mantém desfiles no Sambão do Povo

A Prefeitura de Vitória cancelou o carnaval de rua deste ano em razão da pandemia da Covid-19. É o segundo ano consecutivo que não serão realizados os desfiles de blocos pelas ruas da capital capixaba.

Em anúncio na tarde desta quinta-feira (6), o prefeito da cidade, Lorenzo Pazolini (Republicanos), ainda confirmou a realização do desfile das escolas de samba no Sambão do Povo, com controle sanitário.

Desfile de bloco de rua no carnaval de 2020 em Vitória. (FOTO: Arquivo/OMMC)
Em resposta à imprensa o prefeito afirmou que o cenário epidemiológico infelizmente não permite a realização de desfile de blocos nas ruas da capital, eventos esses em que não é possível realizar o controle de participantes nem tampouco garantir a comprovação da vacinação das pessoas e nem o teste PCR.

Há um estudo em andamento para analisar a possibilidade da realização de eventos em locais delimitados com os blocos onde o fluxo de foliões possa ser controlado.

Desfiles no Sambão
De acordo com a gestão municipal, Vitória foi classificada como a primeira cidade na região metropolitana a alcançar o risco muito baixo para a transmissão da Covid-19, tendo imunizado toda a população adulta com mais de 18 anos com as duas doses ou dose única da vacina (109,18% desse grupo), além de já ter vacinado 90,23% dos adolescentes entre 12 e 17 anos com a primeira dose.

"São índices bastante contundentes que nos dão embasamento para afirmar que neste momento, diante deste cenário epidemiológico é possível sim, realizarmos esse evento, desde que todos os protocolos sejam rigorosamente seguidos", declarou a secretária de Saúde da capital, Thais Cohen.

Os desfiles, que já têm data marcada e ocorrem entre os próximos dias 17 a 19 de fevereiro, contarão com produção especial e terão como prioridade a adoção dos protocolos de segurança e proteção contra a Covid-19, que todos os foliões deverão cumprir à risca.

Entre as medidas que serão seguidas está a cobrança do passaporte de vacinação contra a Covid-19, de todos os participantes, que deve indicar a completa imunização, ou seja, aplicação das duas primeiras doses do imunizante ou dose única, além da apresentação do teste RT-PCR negativo, feito nas últimas 72 horas antes do evento.

Todas os trabalhadores atuantes no evento terão que apresentar o comprovante de vacinação e serão credenciados com pulseira de acesso.

*Com informações da Prefeitura de Vitória

Comentários

Mais lidas

Agenda Capixaba #56

Agenda Capixaba #48

Clássicos da música com Flashback e Faixa Bônus no Clube Arci