Pular para o conteúdo principal

Visão poética das cidades na exposição "Cidades (In)visíveis", em Vitória

É no centenário prédio do ano de 1903, a Casa Porto das Artes Plásticas, que a Secretaria Municipal de Cultura de Vitória dá o pontapé inicial para as atividades de 2022.

A partir da próxima quinta-feira (6), o espaço, que fica no Centro Histórico de Vitória, recebe a mostra Cidades (In)visíveis, uma exposição do acervo fotográfico de Tadeu Bianconi com curadoria de Fernando Pessoa e projeto educativo de Juliana Pessoa. A A classificação indicativa é livre e a entrada é gratuita.

Algumas das fotos que estarão em exposição. (FOTO: Divulgação/PMV)
A exibição, que reúne fotos em preto e branco de diversas cidades do mundo, tem por objetivo apresentar uma visão poética das cidades por meio do diálogo entre fotografia e literatura.

"O projeto nasceu do encontro entre o acervo fotográfico do Tadeu, com fotos em preto e branco de diversas localidades do mundo, com a leitura do livro As Cidades Invisíveis, de um dos maiores escritores europeus do século XX, Italo Calvino. O diálogo não pretende ilustrar palavras com imagens nem representar imagens com palavras, mas compor fotografia e literatura numa relação em que uma reforça e intensifica as características poéticas da outra", explica Fernando Pessoa.

A exposição funcionará até o dia 6 de abril, de segunda à sexta-feira, das 10 às 19 horas e aos sábados das 10 às 14 horas.

Cidades (In)visíveis, que recebe recursos do Fundo Municipal de Cultura (FunCultura), foi um dos trabalhos contemplados no edital de seleção de projeto de ocupação da Casa Porto das Artes Plásticas, ano 2019/2020, na categoria I, Exposição Artística.


O artista
Tadeu Bianconi é fotógrafo e artista visual capixaba. Conheceu a fotografia na Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) quando cursava Publicidade e Propaganda, mas aprofundou-se nesta arte, por meio de cursos, pesquisas e estudos, em sua estadia na Alemanha na década de 1980.

Bianconi sempre foi um fotógrafo independente, já publicou três livros, dois somente com imagens do Espírito Santo, e colaborou com outras dezenas de publicações, como o Catálogo do Artesanato Capixaba e Expedição Capixaba e o livro Expedição Capixaba: Uma viagem pitoresca e fotográfica pelo Espírito Santo, do qual também é autor. Participou de diversas exposições no Espírito Santo, além de mostras na Alemanha, Áustria, Noruega, França, Bulgária e México. Professor de fotografia, hoje é sócio da Mosaico Fotogaleria, uma galeria especializada na arte da fotografia.

Protocolos
No interior da Casa Porto o uso de máscaras e a utilização de álcool em gel são obrigatórios, seguindo todos os protocolos exigidos pelas autoridades sanitárias para a prevenção e combate ao coronavírus. O agendamento prévio da visita é necessário somente para grupos, e o número de visitantes é controlado no local.

Serviço
Exposição "Cidades (In)visíveis"
Data: de 6 de janeiro a 6 de abril
Local: Casa Porto das Artes Plásticas - Praça Manoel Silvino Monjardim, 66, Centro, Vitória
Funcionamento: segundas às sextas-feiras, das 10 às 19 horas e sábados das 10 às 14 horas
Classificação indicativa: Livre
Entrada: Gratuita
Agendamento de grupos: fotogaleria@mosaicoimagem.com.br
Informações: (27) 3132-5295



* Com informações da Prefeitura de Vitória

Comentários

Mais lidas

Agenda Capixaba #56

Agenda Capixaba #48

Clássicos da música com Flashback e Faixa Bônus no Clube Arci