Pular para o conteúdo principal

Diário de viagem: A vida é curta, então por que não se aventurar?

Sair do Brasil para morar durante três meses em um país que fica a mais de 12 mil km de distância pode parecer loucura, porém tomar essa decisão me fez, e faz, vivenciar momentos indescritíveis e experiências de uma vida cheia de histórias para contar. 

Em dezembro de 2021, recebi o convite dos meus tios para passar um período na casa deles. Fiquei algumas horas pensando, mas pouco tempo depois já havia tomado a decisão de sair do emprego em que eu estava atuando como jornalista, para viver essa experiência.

Eu saí do Brasil contando para família e amigos que estava indo passar um período em Omã, um país do Oriente Médio. Diante da surpresa vinham as perguntas: “Que país é esse?”, “Onde fica Omã? Nunca ouvi falar”. E posso dizer que isso acontece até hoje quando alguém descobre que eu não estou no Brasil.

Todos esses questionamentos me fizeram perceber que uma grande aventura estava por vir e que seria incrível passar esse tempo em um país tão diferente, onde a cultura ainda está estabelecida fortemente em cada canto.

Omã fica localizado na Ásia e é um lugar de múltiplas paisagens e histórias. Apesar de ser considerado novo, o país já conquistou muitas pessoas e vem se tornando uma forte opção de turismo.

A população de Omã, em sua maioria, é árabe-muçulmana e o governo declara o islamismo como religião oficial. Por isso, os turistas e expatriados precisam seguir as regras do país. 

É preciso, por exemplo, usar roupas que tampem os ombros e as pernas para sair na rua. Já para entrar nas mesquitas é necessário que as mulheres cubram também a cabeça. A mesquita é o local onde os muçulmanos se reúnem para orar. Elas também são conhecidas em todo o mundo por sua grandiosa arquitetura islâmica, tornando-se assim um local turístico que vale a pena visitar.

Outra curiosidade é o fuso horário, que se diferencia do Brasil por estar sete horas na frente. Além disso, o fim de semana acontece na sexta-feira e no sábado, no domingo já inicia toda rotina normal da semana, como se fosse a nossa segunda-feira no Brasil.

Outro ponto a ser destacado é a culinária de Omã. Aqui, além de se “jogar” em uma cultura totalmente diferente da sua, você tem a oportunidade de se aventurar por uma culinária de sabores super apurados e fortes. É fácil passar pelo “Nossa, que maravilha” e chegar rapidamente no "Não provo isso nunca mais”. Brincadeiras à parte, toda essa aventura por novos sabores só me faz querer conhecer novos lugares e seus “pratos típicos". 

Conhecer um novo país é sempre incrível e te faz abrir o horizonte para novas possibilidades e desafios. Por isso, posso afirmar com clareza que essa é uma das melhores experiências da minha vida. Com 23 anos, cheia de saudade da família e dos amigos, aqui estou eu com o coração aberto para continuar essa aventura e assim poder conhecer novos países, novas culturas, novas culinárias e fazer da minha vida um livro cheio de histórias para contar!




Carol Merlo é jornalista formada pela Universidade Vila Velha (UVV) e atualmente atua no portal O Melhor da Música Capixaba

Comentários

  1. Muito bom, que aventura, que seja a primeira de muitas experiências que ainda estão por vir, o mundo e o seu limite...

    ResponderExcluir
  2. Perfeito! Quero mais histórias dessas aventura!!

    ResponderExcluir
  3. Que bacana... Show de aventura ... Lindo os lugares

    ResponderExcluir
  4. Muito bem m saber que vc está gostando dessa sua aventura !!!

    ResponderExcluir
  5. A saudade é grande, mas não é maior que o orgulho que temos de você. Te amamos e amamos acompanhar suas aventuras, mesmo que virtualmente.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Mais lidas

Íris Cupertino lança a música "Pouca Roupa", com participações de Reygn, GD e VTbeats

Agenda Capixaba #61

Agenda Capixaba #66: shows, festas e eventos culturais de 21 a 27 de março