Pular para o conteúdo principal

Santa Leopoldina comemora 134 anos com programação virtual

O munícipio de Santa Leopoldina comemora no próximo sábado (17), 134 anos de emancipação, e devido a pandemia de Covid-19, a prefeitura da cidade preparou uma festa com programação virtual.

O evento começou nesta quinta-feira (15) e ocorre até o próximo domingo (18). A programação será disponibilizada pelas redes sociais da Prefeitura de Santa Leopoldina, mais precisamente no Facebook e no Instagram.

Monumento ao Imigrante, na sede de Santa Leopoldina. (FOTO: Divulgação/PMSL)
Abrindo a programação, o escritor leopoldinense Adriano Lima Neves contou como foi o processo de Emancipação Política de Santa Leopoldina. Esta é mais uma importante recordação da linda história da cidade.

História
Santa Leopoldina fica localizada na Região dos Imigrantes do Espírito Santo e é conhecida como a cidade "Filha do Sol e das Águas". A população em 2020, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), é estimada em 12.197 pessoas. 

A cidade é conhecida como uma das primeiras colônias do estado. O município é bastante conhecido em literaturas, como no livro O Cannã de Graça Aranha (MA) e pelo seus filhos ilustres, como: Jair Amorim Ubaldo Ramalhete Maia.

Por seu grande valor histórico, o município faz parte das rotas turísticas, como a Rota do Imigrante e a Rota Imperial. A cidade é conhecida por ter o melhor carnaval de rua da Região Serrana, cuja cultura preserva o velho carnaval de rua, com fantasias e marchinhas de época.

Antes da atual denominação, o município já teve os nomes de Porto do Cachoeiro e Cachoeiro de Santa Leopoldina.

Em 1857 chegaram os primeiros imigrantes: suíços, alemães, tiroleses, dentre outros. Três anos depois, Santa Leopoldina recebe a honrosa visita de D. Pedro II, o imperador do Brasil, que escolheu a colônia para início da viagem ao interior da Província do Espírito Santo. Foi a colônia mais populosa do Brasil, emancipada em 17 de abril de 1887.


Programação
-15/abr (quinta-feira)
19h - Palestra sobre a Emancipação Política de Santa Leopoldina, com o escritor Adriano Lima Neves
19h30 - Apresentação do cantor Utieres Rocha
20h - Exposição de fotos antigas

- 16/abr (sexta-feira)
19h - Depoimento sobre a confecção de bonecos gigantes, com o artesão Bebeto Pereira
19h30 - Paródia das professoras Sirley e Scheila

- 17/abr (sábado)
19h - Palavra de benção para a cidade, com o pastor Rodrigo Seidel
19h30 - Louvor com Ivan & Valmir
20h - Valsa de Santa Leopoldina, com Isis & Ivan

- 18/abr (domingo)
19h - Poesia com Karina Sardinha
19h20 - Paródia com Isis Narlla Costa Berti
19h30 - Depoimento histórico por Zelida Aldrigues Lima
20h - Homenagem aos contadores de histórias afro capixabas Fábio Pererê e Viúva Negra

Comentários

Mais lidas

Agenda Capixaba #40

Monia se apresenta com o Monialisa Sunset, no próximo domingo (26)

Ingressos a venda para shows capixabas e nacionais no Réveillon de Itaúnas 2022