Pular para o conteúdo principal

Dica do OMMC: livros que contam história do ES

Que tal conhecer mais a fundo alguns dos acontecimentos que estão na história do Espírito Santo? Pensando nisso, o OMMC listou 10 livros que contam detalhes da imigração italiana, dos índios botocudos, da história do café, da viagem da Princesa Teresa de Baviera ao Estado, da festa de Corpus Christi em Castelo, entre assuntos atuais, como a dos pescadores do litoral capixaba, com destaque para as publicações da Coleção Canaã, do Arquivo Público do Estado do Espírito Santo - órgão que resgata a memória e difunde a cultura. Escolha uma das opções, explore e reviva as origens do nosso grande Estado.

Conheça e veja alguns detalhes de cada publicação:
Clique sobre as imagens para ampliá-las

1) Índios Botocudos do Espírito Santo no século XIX (Coleção Canaã)
Autor: Paul Ehrenreich
Ano: 2014
Nº de páginas: 152
Publicação: Arquivo Público do Estado do ES
Acesse em PDF

Este livro é um dos primeiros e mais completos relatos sobre os índios botocudos que habitavam o norte do Espírito Santo. O estudo foi publicado originalmente em língua alemã em 1887 na Revista de Etnologia. A narrativa de Ehrenreich traz as marcar de uma literatura tradicional que tinha ávidos leitores na Europa. Constam no anexo desta obra 20 imagens destes indígenas produzidas em 1909 pelo também alemão Walter Garbe.

2) Pescadores Artesanais do Espírito Santo
Autores: Mariana Branco, Eduardo Sganzerla
Ano: 2010
Nº de páginas: 194
Publicação: Editora Esplendor
Valor: R$ 60,00 (Livraria Cultura)

Em síntese, o livro 'Pescadores Artesanais do Espírito Santo' é um retrato dos pescadores do litoral capixaba, com o enfoque na figura humana. Suas histórias de vida, frustrações e perspectivas - vidas de muito esforço, risco e sacrifício, mas levadas com fé e emoção.

3) Italianos - base de dados da imigração italiana no Espírito Santo nos séculos XIX e XX (Coleção Canaã)
Autor: Cilmar Franceschetto
Ano: 2014
Nº de páginas: 1040
Publicação: Arquivo Público do Estado do ES
Acesse em PDF

O livro é resultado de uma minuciosa pesquisa realizada ao longo de quase duas décadas nas fontes documentais do APEES, dentre outros acervos públicos e privados (principalmente aqueles guardados pelos familiares), para o Projeto Imigrantes Espírito Santo, iniciado em 1995. É uma edição especial, de 1.040 páginas, com 250 fotografias, mapas e documentos, onde estão distribuídos os nomes de 38.817 itálicos que desembarcaram em terras capixabas nos dois últimos séculos, em grande número nas últimas décadas do séc. XIX.

4) História do Café no Espírito Santo, no Brasil e no Mundo
Autores: Pollyana Demoner Zanotti, Edilberto Moreira de Sousa Neto
Ano: 2013
Nº de páginas: 166
Publicação: Editora Multifoco
Valor: R$ 35,00 (Multifoco, Livraria Cultura)

A publicação descreve a história geral do café no Estado, no Brasil e no mundo desde o início, onde segundo uma lenda, que em dado momento do século III depois de Cristo, um pastor de cabras, de nome Kaldi, certa noite ficou ansioso quando suas cabras não retornaram ao rebanho. Ao sair para as procurar, estas estavam saltitantes próximo a um arbusto, onde mastigavam frutos, dando estes estranha energia que Kaldi nunca vira antes.

5) Como se tem Escrito a história do Espírito Santo
Autor: José Pontes Schayder
Ano: 2011
Nº de páginas: 160
Publicação: Editora Cachoeiro Cult

O professor Schayder, como é conhecido, estudioso e pesquisador da historicidade do nosso estado, revela as suas intenções com mais esse presente cultural ao dizer: "pelo título deste pequeno ensaio, demonstro que, para além das tradicionais narrativaas sobre o Espírito Santo, há uma nova maneira de conceber a história regional. Através dela, os mecanismos que movem a sociedade global são revelados: o micro desnuda o macro."

6) Viagem ao Espírito Santo - 1888 (Coleção Canaã)
Autora: Princesa Teresa da Baviera
Ano: 2013
Nº de páginas: 173
Publicação: Arquivo Público do Estado do ES
Acesse em PDF

Em 1888 a Princesa Teresa da Baviera visitou o Espírito Santo e percorreu rios, florestas, vilarejos e manteve contato com os botocudos às margens do Rio Doce, deixando escritas as suas impressões. As anotações deram origem ao livro “Viagem ao Espírito Santo - 1888”. A obra foi organizada pelo historiador e professor da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), Julio Bentivoglio, com tradução de Sara Baldus. Teresa chegou ao Brasil com uma dama de companhia e dois auxiliares, um deles com habilidades taxidérmicas - arte de empalhar. Ela levava consigo um equipamento fotográfico e contratava guias locais em suas andanças.

7) Donatários, Colonos, Índios e Jesuítas - O Início da Colonização do Espírito Santo (Coleção Canaã)
Autora: Nara Saletto 
Ano: 2011
Nº de páginas: 140
Publicação: Arquivo Público do Estado do ES
Acesse em PDF

O livro aborda as relações entre jesuítas, índios e colonos no começo da colonização capixaba e ressalta a influência, na formação do Estado, de personagens marcantes na historiografia e memória social, como o donatário Vasco Coutinho, o jesuíta José de Anchieta, a imigrante espanhola Maria Ortiz e o índio Maracajaguaçu. Na obra é traçado o perfil biográfico destas e de outras personalidades, que tiveram participação relevante na história do Espírito Santo.

8) Corpus Christi em Castelo-ES: Manifestação da Fé e da Expressão Artística
Autora: Joelma Cellin
Ano: 2013
Nº de páginas: 207
Publicação: Instituto Sincades e SECULT-ES

A publicação resgata a história dos 50 anos da construção dos tapetes de Corpus Christi, inspirada na mesma tradição do município de Matão, no interior de São Paulo. A obra tem vasto material iconográfico, que remonta ao surgimento da festa de Corpus Christi no século XII, a origem dos tapetes ornamentados, a história da irmã Vicenza, a produção dos tapetes, o trajeto das passadeiras e a imaterialidade deste patrimônio cultural capixaba.

9) Viagem de Pedro II ao Espírito Santo (Coleção Canaã)
Autor: Levy Rocha
Ano: 2008
Nº de páginas: 288
Publicação: Arquivo Público do Estado do ES
Acesse em PDF

O livro de Levy Rocha, cuja reedição honrosamente é apresentada aos capixabas, trata de uma viagem memorável. Certamente, de tocante memória ao imperador Pedro II, que deixou anotações e desenhos de sua expedição à província do Espírito Santo – exatamente a base da escritura desta obra. Mas, sem dúvida alguma, de fundamental memória para todos nós. Fundamental porque, ao permitir paralelos históricos, evidencia o quanto um povo pode mudar a sua realidade.

10) Nossa vida no Brasil: Imigração norte-americana no Espírito Santo 1867 – 1870 (Coleção Canaã)
Autora: Julia Louisa Keyes
Ano: 2013
Nº de páginas: 320
Publicação: Arquivo Público do Estado do ES
Acesse em PDF

O livro foi publicado originalmente no Alabama, Estados Unidos, em 1874. O livro traz as observações de Julia Louisa Keyes sobre o período em que sua família esteve no Espírito Santo e no Rio de Janeiro logo após a Guerra Civil norte-americana e tornou-se uma das principais referências para pesquisas sobre a imigração confederada para o Brasil e também sobre o município de Linhares, no final da década de 1860. A tradução e notas são do historiador Célio Alcântara Silva.

Os livros da Coleção Canaã e a opção 8 destacada pelo OMMC podem ser encontrados na Biblioteca Pública Estadual, localizada Av. João Batista Parra, 165, Praia do Suá, Vitória. O contato é (27) 3137-9351. Outra dica é o site da biblioteca, que disponibiliza 47 publicações digitalizadas, entre revistas e materiais históricos, como a edição número 7 da revista Bonde Circular, de dezembro de 1933.

Comentários

Mais lidas

Artistas mulheres pedem respeito e mostram que dominam no Luz del Fuego Festival

Destaques OMMC #53

Fotos: Luz del Fuego Festival