Pular para o conteúdo principal

Orquestra Sinfônica do ES se junta a bandas de congo no concerto "O Congo de Casaca"

Um grande encontro entre o popular e o erudito está prestes a acontecer. Nesta quinta-feira (18), às 20 horas, no Teatro Glória (Centro Cultural Sesc Glória), em Vitória, a Orquestra Sinfônica do Espírito Santo (Oses) vai se juntar a oito bandas de congo das regiões de Vitória, Cariacica, Viana, Serra, Fundão, Vila Velha e Aracruz, sob a regência do maestro da Oses, Helder Trefzger, que também assina os arranjos.

Oses se apresentará com oito bandas de congo. (FOTO: Divulgação/Secult-ES)
Para a apresentação do concerto O Congo de Casaca em Vitória, os ingressos custam R$ 20 (inteira), R$ 12 (conveniado) e R$ 10 (meia-entrada e cliente com carteirinha do Sesc), a venda na bilheteria do teatro e no site Lets.Events

O concerto reunirá no palco do Teatro Glória as bandas Amores da Lua, de Santa Marta, em Vitória; Banda de Congo do Mestre Tagibe, de Roda D’Água, em Cariacica; Banda de Congo de São Sebastião de Piapitangui, em Viana; Banda de Congo da ABC Serra; Banda de Congo do Mestre Honório, na Barra do Jucu; Banda de Congo Madalenas do Jucu, também da Barra do Jucu; Banda de Congo da ABC de Fundão e Banda de Congo Tambores Tupinikim, de Aracruz.

"A ideia é valorizar o congo e seus mestres, com eles atuando como solistas da Orquestra. As toadas do congo são canções guardadas de memória ou improvisadas, que falam de temas variados, como o mar, o amor, a natureza e a devoção aos santos. As toadas são transmitidas oralmente, não estão escritas em partituras", diz o maestro.

"Durante o processo de escrita dos arranjos, a primeira coisa foi colocar essas melodias em partituras. Depois disso, busquei fazer os arranjos preservando as características de cada toada e o jeito de cantar e tocar de cada banda. A orquestra dialoga com as bandas em total harmonia", completa Trefzger.

A apresentação terá início com uma coletânea de canções tradicionais do congo do Espírito Santo, intitulada Congos de Beira Mar, escritas pelo compositor, maestro e poeta Jaceguay Lins, que assumiu o cargo de maestro da Oses na segunda metade dos anos 1980. Para a coletânea, o concerto vai contar com as participações especiais dos coros Vox Victoria e Coro Sinfônico da Fames, ambos dirigidos pelo maestro Sanny Souza.


O repertório da apresentação
Jaceguay Lins: Congos de Beira-Mar
Participações especiais: Coro Vox Victória e Coro Sinfônico de Vitória (Regência: Maestro Sanny Souza).

Banda de Congo da Associação das Bandas de Congo de Fundão (Timbuí, Fundão)
Música: O velho da Palmeira

Banda de Congo de São Sebastião de Piapitangui (Piapitangui, Viana)
Música: O Anel

Banda de Congo Tupinikim São Benedito (Aracruz)
Música: O Chamado/Oré Tupinakyîa

Banda de Congo Madalenas do Jucu (Barra do Jucu, Vila Velha)
Música: Madá

Banda de Congo do Mestre Tagibe (Roda d’Água, Cariacica)
Música: Moxuara

Banda de Congo Mestre Honório (Barra do Jucu, Vila Velha)
Música: Velho Mestre

Banda de Congo Amores da Lua
Música: A Baleia

Banda de Congo da Associação das Bandas de Congo da Serra
Música: Barco N’água

Serviço
"O Congo de Casaca", com Oses e oito bandas de congo do Estado
Data e horário: quinta-feira (18), a partir das 20h
Local: Teatro Sesc Glória –  Av. Jerônimo Monteiro, 428, Centro, Vitória
Ingressos: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia)
Vendas: Bilheteria do teatro e Site Lets.Events
Informações: (27) 3232-4750

Comentários

Mais lidas

Samba e pagode para curtir a estreia do Brasil na Copa do Mundo

Elemento Zero apresenta novo baixista para iniciar produção de EP

Reveja a integra do primeiro dia Marien Calixte Jazz Music Festival