Pular para o conteúdo principal

Cantores comemoram conquistas no Prêmio da Música Capixaba: "Uma honra"

A primeira edição do Prêmio da Música Capixaba, nesta quarta-feira (3), em cerimônia no Centro Cultural Sesc Glória, no Centro de Vitória, ficará marcada na memória de todos os presentes. E ainda mais na dos cantores premiados.

O cantor Fabriccio com o prêmio de Destaques Vozes Negras.
O cantor Fabriccio, vencedor na categoria Destaque Vozes Negras, dedicou o prêmio a sua mãe, que o acompanhava na plateia, e a todos que participam dos seus trabalhos musicais.

"Especial demais esse primeiro Prêmio da Música Capixaba no momento em que a cena está mais efervescente do que nunca. É uma honra fazer parte e ser contemporâneo dessa gente que vai fazer história", afirmou Fabriccio, ao OMMC.

A cantora Luiza Dutra, que venceu a categoria Melhor Intérprete, juntamente com André Prando, se disse honrada. "Receber esse prêmio competindo com pessoas que estão na carreira a tanto tempo é uma honra e me sinto muito grata por está ao lado dessas pessoas, que tenho como referências. Só tenho a agradecer", contou.

Luiza também elogiou a iniciativa. "É importante esse espaço para que a gente possa celebrar nossa música e os artistas que temos aqui. Artistas talentosíssimos e que fazem um trabalho excelente durante todos os anos", destacou.


Cesar MC, vencedor da categoria Melhor Álbum/EP, com Dai a Cesar o que é de Cesar, agradeceu aos pais e sua irmã, e lembrou do boné do Flamengo que utilizava nas batalhas de rua pela Grande Vitória.

"Pai, se não fosse aquele boné no seu trampo e na sua correria, eu não levaria o meu trampo tão a sério. Eu como artista nas batalhas de rua, levei a sério tudo isso por causa do seu exemplo. Agradeço a Deus por emprestar a mim e a todos os artistas que estão aqui a capacidade de expressar o que é belo", disse Cesar MC.

Leia mais


Os vencedores por categoria:
• Melhor Roadie: Eskerda;
• Melhor Técnico de Áudio: Igor Baiano/Baba e Igor Comério;
• Melhor Técnico de Luz: Julio Sunderhus;
• Melhor Intérprete: André Prando e Luiza Dutra;
• Melhor Instrumentista: Pedro de Alcântara;
• Melhor Artista Solo ou Duo: Dan Abranches;
• Melhor Grupo ou Banda: Auri;
• Melhor Produtor Musical: Jackson Pinheiro e Rodolfo Simor;
• Revelação: Afronta MC;
• Destaque Linguagens Urbanas: Budah;
• Destaque Vozes Negras: Fabriccio;
• Destaque LGBTQIA+: Afronta MC e Bella Nogueira;
• Impacto Social: Instituto Serenata D'Favela e Vale Música;
• Melhor Videoclipe: Morenna ft. BK – Euro;
• Melhor Música: Budah – Velha Brincadeira;
• Melhor Show/Live: André Prando – Virada SP;
• Melhor Álbum/EP: Cesar MC – Dai a Cesar o que é de Cesar.

Com informações de Carol Merlo

Comentários

Mais lidas

Samba e pagode para curtir a estreia do Brasil na Copa do Mundo

Elemento Zero apresenta novo baixista para iniciar produção de EP

Reveja a integra do primeiro dia Marien Calixte Jazz Music Festival