Pular para o conteúdo principal

Bernadette Lyra é homenageada no Festival de Cinema de Vitória

A escritora Bernadette Lyra é uma das homenageadas do 26º Festival de Cinema de Vitória, inclusive com lançamento de um caderno, e lançou seis livros em evento na última quinta-feira (26).  aconteceu no Hotel Senac Ilha do Boi, em Vitória.

Bernadette Lyra (centro), ao lado de José Roberto Santos Neves e Daniella Spadetto. (FOTO: Erlon Paschoal)
O público pôde ter acesso a diversas publicações de Bernadette, como seu mais recente romance, Ulpiana; o livro de contos Memórias das Ruínas de Creta, indicado ao Prêmio Jabuti de Literatura; e suas publicações voltadas para o audiovisual, como Cinema de Bordas, em parceria com Gelson Santana (SP), e Fotogramas do Brasil: As Chanchadas.

A escritora, nascida em Conceição da Barra, em 1938, apresentou ainda as obras O Parque das Felicidades e O Jogo dos Filmes.

Bernadette Lyra se disse grata com a homenagem. "Hoje vivi um momento de luz em minha vida de escritora, e pesquisadora e professora de cinema, com o lançamento do caderno do 26º Festival de Cinema de Vitória", afirmou.

Estiveram presentes nomes a exemplo de José Roberto Santos Neves, jornalista e escritor, ao lado da esposa Daniella Spadeto, que é psicóloga; Fabio Daflon, que é membro da Academia de Letras de Vila Velha; Renata Bomfim, poetisa, escritora e arteterapeuta; e Saulo Ribeiro, escritor e editor de livros.

Foram ao todo 18 livros lançados neste Festival de Cinema de Vitória, com destaques também para Minividas, de Wladimir Cazé e Fama Volat, de Francisco Grijó.

Zona Literária
Acontece neste domingo (29), a partir de 16 horas, a estreia do projeto "Zona Literária" na programação do Viradão Vitória. O evento é um espaço livre para declamação de textos, troca de livros e afetos que envolvam a literatura.

Será no quintal do Casarão Cerqueira Lima e na Biblioteca Municipal "Adelpho Poli Monjardim", que se transformará em uma Zona Autônoma Literária (ZAL), proposta por um grupo de escritores, produtores culturais e artistas que nos últimos anos vêm trabalhando de forma independente, buscando estimular e integrar expressões culturais relacionadas à literatura e a criação livre.

O grupo é composto por Lívia Corbellari, Marília Carreiro, João Chagas, Isabella Mariano, Juane Vaillant, Aline Dias, Fepaschoal e Maria Gabriela Verediano, que vão apresentar textos autorais e também homenagens a escritores veteranos da história literária capixaba.

Será lançado no evento, a primeira edição do zine ZAL com os textos autorais declamados no sarau. O evento tem produção e curadoria de Heitor Righetti e Livros por Lívia. Mais informações no evento no Facebook.

Comentários

Mais lidas

Clássicos dançantes na Noite do Flashback, em Vitória

Volapuque lança primeiro disco experimental com show em Vitória