Pular para o conteúdo principal

Roberto Carlos foi um dos últimos a falar com Erasmo Carlos: “Minha dor é muito grande”

O rei Roberto Carlos guardou para ele as últimas lembranças do "irmão camarada" Erasmo Carlos, que morreu aos 81 anos, nesta terça-feira (22).

Na manhã desta terça, pouco antes de o Tremendão morrer, Fernanda Passos, mulher de Erasmo, ligou para o rei e disse que o amigo estava perto do fim. Roberto, então, pediu que ele pusesse o telefone perto do ouvido e falou algumas palavras. Pouco tempo depois, veio a triste notícia.

Erasmo Carlos durante seu último show no Espírito Santo: apresentação foi no dia 24 de setembro deste ano na Prainha. (FOTO: Gustavo Andrade/OMMC)
Em um texto emocionante publicado em seu Instagram,  seguido de um vídeo com fotos dos dois, Roberto Carlos compartilha com fãs e amigos seus sentimentos sobre a perda de um amigo, a quem ele chama de irmão, que o acompanhava desde a adolescência, em 1958. 

"Minha dor é muito grande, nem sei como dizer tudo o que eu penso desse meu amigo querido, meu grande irmão. Meu ídolo por tudo, pela sua lealdade, sua inteligência, sua bondade, por tudo o que eu conheço dele. Um ser humano maravilhoso esse meu irmão. É um privilégio para mim ter um amigo, um irmão assim por todos esses anos. Difícil encontrar palavras para falar desse cara: o meu amigo Erasmo Carlos. Ele viverá sempre em meu coração. Que o nosso Deus de bondade o proteja e o abençoe sempre. Amém, amém, amém".


Roberto Carlos soube da morte de Erasmo Carlos por telefone. Uma pessoa da família de Erasmo ligou para o cantor assim que foi confirmado o falecimento, na manhã desta terça-feira. Antes mesmo de a imprensa começar a noticiar, Roberto já estava informado.

Ficou muito triste pela perda do amigo, mas já estava informado do seu quadro de saúde complicado. Roberto estava em casa, na Urca, no Rio. Segundo sua assessoria de imprensa, ele vai manter a agenda de shows.

No dia 29, ele tem gravação do Especial de fim de ano da TV Globo, no Rio. No dia 3 do próximo mês, show aberto ao público na cidade. E, no dia 9 de dezembro, show no interior de São Paulo. Erasmo compôs mais de 500 canções com o amigo.

O Tremendão com o capixaba Roberto Carlos. (FOTO: Divulgação)
Internação
Um dos pioneiros do rock e símbolo da Jovem Guarda, Erasmo Carlos estava internado no Hospital Barra D'Or, na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio de Janeiro.

O Tremendão, como era chamado, deixa a esposa, Fernanda Passos, e dois filhos, Gil e Leonardo - o terceiro, Carlos Alexandre, morreu em acidente de moto em 2014. O velório será fechado para o público, restrito a familiares e amigos.

O artista passou os últimos momentos ao lado da mulher, Fernanda Passos, no Hospital Barra D’Or, na Zona Oeste do Rio.

Em meados de outubro, enfrentou uma síndrome edemigênica, que causa acúmulo de líquido nos tecidos do corpo, provocando edemas, inchaços. A síndrome é consequência de problemas em órgãos como fígado, rins e coração.

No último dia 2, o artista comemorou a alta após duas semanas de internação, mas o estado de saúde se agravou, ele voltou no mesmo dia para o hospital e precisou ser intubado.

O cantor morreu no fim da manhã. À noite, a família divulgou uma nota informando que Erasmo teve um quadro de paniculite agravado por sepse de origem cutânea. A paniculite é a inflamação da camada de gordura que fica abaixo da pele e, no caso dele, agravada por uma infecção generalizada.

Erasmo Carlos e Roberto Carlos. (FOTO: Arquivo/TV Globo)
Show no Estado
O último show de Erasmo Carlos no Espírito Santo teve presença da equipe do portal O Melhor da Música Capixaba. Foi no festival TendaLab, no Parque Estadual da Prainha, em Vila Velha.

Erasmo foi uma das atrações do encerramento do evento, totalmente gratuito, no dia 24 de setembro deste ano. Inclusive, foi uma das últimas apresentações da gigante carreira do Tremendão antes da morte.


Com informações de G1 e Veja

Comentários

Mais lidas

Grandes atrações musicais nas festas do município de Fundão

Professor capixaba de dança lança videodança online

Em primeiro single após “rebatismo”, Thiago Maré lança “Marés” no dia do seu aniversário