Pular para o conteúdo principal

Teatro Municipal será reaberto em Vila Velha

Teatro Municipal de VV, na tarde desta quarta-feira (04). (FOTO: Gustavo Andrade/OMMC)
O Teatro Élio de Almeida Vianna, mais conhecido como o Teatro Municipal de Vila Velha, será reinaugurado no próximo dia 13 de maio, uma sexta-feira. Localizado na Praça Duque de Caxias, no Centro do município canela-verde, o teatro estava fechado desde 2011 e desde o último ano em obras. A Galeria de Arte Eugênio Pacheco de Queiroz também será reaberta à população.

De estilo italiano, o centro cultural com capacidade para 300 espectadores teve cadeiras reformadas e outras substituídas por novas. Além disso sistema de som, luz e ar-condicionado mais modernos foram instalados no teatro construído na década de 1960.

A reabertura do local acontecerá a partir de 18h00, com diversas apresentações culturais. Segundo a Prefeitura de Vila Velha, a Faculdade de Música do Espírito Santo (FAMES), o grupo Brasileiríssimo, peças de teatro de rua, dança de rua e bandas de congo são as atrações confirmadas.

A escritora e artista Thayná Cruz participou de oficinas de teatro que aconteciam no local. Ela lembra que as atividades eram realizadas mesmo sem nenhuma estrutura. "Quando estava ativo era utilizado para oficinas de iniciação teatral. Não tinha muita estrutura, e por isso não tinha muito evento ou divulgação de espetáculos e era isso que faltava para ele (teatro) brilhar. Todo espaço cultural precisa ser valorizado, já que temos tão pouco, e olha que eu piso em Vila Velha e respiro cultura. Só precisa de impulso", afirma a jovem.

Autoridades como o prefeito Rodney Miranda (DEM); o governador Paulo Hartung (PMDB); o secretário de cultura, esporte e lazer de Vila Velha, Alberto Pêgo; e o subsecretário de Cultura do Estado, José Roberto Santos Neves, são aguardados na cerimônia. Para o prefeito este é um novo momento para a cultura canela-verde. “A nossa gestão é pautada pelo respeito às manifestações culturais e memória de Vila Velha. Mesmo em um período de crise severa, realizamos importantes avanços para as bases da cultura da cidade. Criamos o Plano Municipal de Cultura, instituímos oficialmente o Marco Zero da cidade no Parque da Prainha, reformamos o museu Homero Massena e, em parceria com o Governo do Estado, estamos restaurando a Igreja do Rosário”, destacou Rodney.

Élio de Almeida Vianna
Élio de Almeida Vianna, que dá nome ao teatro, foi pioneiro da arquitetura moderna no Espírito Santo, tendo falecido em 12 de novembro de 2009, aos 88 anos. Ele inclusive projetou a sede da Prefeitura de Vila Velha, que em 1992 passou a funcionar como o Teatro Municipal da cidade. O projeto é marcado pelas linhas de equilíbrio que compõem as suas quatro fachadas e por um espaço físico interno que abrigaria o Poder Executivo, além de moderno auditório e demais dependências para o Poder Legislativo.

Élio Vianna se destacou no governo de Jones Santos Neves, onde ocupou o cargo de engenheiro da Secretaria de Viações e Obras Públicas do Espírito Santo. No governo, projetou cerca de 50 escolas, entre elas o Colégio Estadual em Vitória, seguindo o estatuto modernista: uso de pilotis, implantação de espaços de convivência e com uso cuidadoso da topografia. Em Vitória, seus traços estão presentes também na antiga Escola Politécnica (atual Casa do Cidadão), na região de Maruípe. Élio também projetou fábricas, entre elas a Real Café em Viana, para a qual elaborou diversos estudos.

Parte interna do teatro. Cadeiras foram reformadas e aparelhos de som e ar-condicionado, por exemplo, foram trocados. (FOTO: Divulgação/PMVV)
Serviço
Reabertura do Teatro Municipal de Vila Velha
Data e horário: 13/mai (sexta-feira), a partir de 18h00
Local: Praça Duque de Caxias, Centro, Vila Velha
Entrada: Gratuita

Programação completa:
18h00 - Aquecimento com teatro de rua e dança de rua (apresentações externas - tablado com tenda, som e luz)
19h00 - Saída das bandas de congo da Igreja do Rosário em cortejo até o Teatro Municipal
19h30 - Chegada das bandas de congo na praça
19h45 - Banda da UMEF "Senador João de Medeiros Calmon"
20h00 - Cerimonial do Prefeito com corte da fita e descerramento da placa com abertura das portas do Teatro Municipal para o Foyer
20h05 - Entrada no átrio do Teatro Municipal – Primeiro Sinal
20h15 - Início das Apresentações com palhaço Azedinho e Sr. Marcílio Dias Stancini
20h20 - Solenidade com falas do Secretário de Cultura, do Conselho de Cultura, do Prefeito e do Governador
20h30 - Grupo Brasileiríssimo
21h00 - Coquetel

Comentários

Mais lidas

História e turismo: aventura e desafios do Mestre Álvaro

Viradão Vitória: muita cultura e agito no Centro da capital capixaba

Silva lança clipe de parceria com Anitta em música do novo álbum

Destaque da cena musical capixaba, Solveris comanda show na SubTrópico