Pular para o conteúdo principal

Teatro de Vila Velha é reaberto com diversas manifestações culturais

Bandas de congo animaram a reabertura do teatro. (FOTO: Marcos Júnior/PMVV)
Um show repleto de versões de grandes sucessos da música popular brasileira. Assim foi a apresentação do grupo Fames Brasileiríssimo, a atração de reestreia de um palco onde diversos artistas já se apresentaram na história de Vila Velha, e que foi reinaugurado na noite desta sexta-feira (13).  Teatro Municipal Élio de Almeida Vianna, localizado na Praça Duque de Caxias, em Vila Velha, ganhou uma reforma geral incluindo: nova pintura externa e interna, recuperação do piso do palco, recuperação do forro de gesso, substituição de portas danificadas, reforma nos banheiros, recuperação do lustre da entrada principal, reparos na parte elétrica, substituição do carpete da parede, recuperação do estofamento de todas as cadeiras, aquisição de todo aparelhagem de sonorização e iluminação cênica, além de um novo sistema de ar condicionado.

O teatro estava fechado há anos, e em obra a cerca de um ano. “A política de austeridade e valorização do erário permitiu, mesmo em um período de adversidades, a realização desta entrega tão importante para a formação da identidade do povo canela-verde. Isso mostra que o trabalho sério e honesto torna sonhos em realidade”, disse o prefeito da cidade, Rodney Miranda (DEM). 

Na ocasião, os familiares do arquiteto capixaba Élio de Almeida Vianna, que projetou o espaço em 1960, foram homenageados. O local foi construído originalmente para ser a sede da Prefeitura e da Câmara de Vereadores do município. A Galeria de Arte Eugênio Pacheco de Queiroz também foi reaberta a população. Autoridades como o subsecretário de Cultura do Estado, José Roberto Santos Neves, vereadores de Vila Velha, e diversos artistas, entre músicos, atores e escritores, estiveram presentes no evento.

Fames Brasileirissimo foi a primeira atração do teatro após a reforma. Centenas de pessoas prestigiaram a cerimônia. (FOTO: Marcos Júnior/PMVV)
Atrações
Além do Fames Brasileiríssimo, o público também prestigiou apresentações de teatro de rua, break, balé contemporâneo e show da banda da Unidade Municipal de Ensino Fundamental Senador João de Medeiros Calmon. O ator Marcílio Dias representou o donatário Vasco Fernandes Coutinho, surpreendendo o público no início da solenidade. m cortejo formado por bandas de congo de Vila Velha também fez parte da programação de reabertura. Os grupos saíram das proximidades da Igreja do Rosário, na Prainha, seguindo pela Avenida Luciano das Neves, até a Praça Duque de Caxias. 

Comentários

Mais lidas

TEMPO REAL: 'Equilibrium 8 Anos'

Destaque da cena musical capixaba, Solveris comanda show na SubTrópico

Destaques OMMC #31

Auri e Zé Maholics mostram a força da cena autoral capixaba em Vitória