Pular para o conteúdo principal

Carnaval: folia, congo e cultura em Vila Velha

Quem vai ficar em Vila Velha durante o Carnaval terá inúmeras opções para curtir a Folia de Momo. Blocos de rua, bandas de congo e muita folia vão fazer parte da programação no município. E como não poderia deixar de ser, o congo, manifestação cultural mais conhecida da cidade, vai ditar o ritmo do carnaval canela-verde. A programação completa pode ser conferida no site da Prefeitura da cidade.

Barra do Jucu e Praia da Costa vão concentrar as apresentações de bandas de congo. No balneário barrense, as apresentações prometem animar a festa durante todos os dias da folia, já começando no sábado, às 16 horas. Na Praia da Costa, um bloco de congo animará os foliões no domingo, a partir das 16 horas. O bloco sai da Praia da Sereia em direção avenida Champagnat e indo até a avenida Jair de Andrade.

Agora, quem pretende aproveitar o feriadão prolongado para descansar e conhecer um pouco mais sobre a história da cidade também terá a oportunidade de visitar a Casa da Memória e o Museu Homero Massena, localizados na Prainha.

Blocos de rua, bandas de congo e muita folia animam o carnaval de Vila Velha. (FOTOS: Secom/PMVV)
A programação dos blocos começou no último final de semana e segue durante todo o Carnaval. A Prefeitura vai apoiar fazendo o apoio com a Guarda Municipal, ordenamento de trânsito, limpeza de ruas, banheiros hidráulicos, fiscalização de posturas e fechamento de ruas, entre outros serviços.

Os eventos irregulares sem aprovação da Prefeitura terão seus responsáveis qualificados pela Polícia Militar, e, caso ocorram crimes nas suas imediações, o Ministério Público e Poder Judiciário serão informados, podendo recair sobre seus organizadores a responsabilidade dos possíveis problemas enfrentados pela polícia.

Cultura 
A Casa da Memória, localizada no sítio histórico da Prainha, foi construída no final do século XIX (datada em 1893) e é tombada pelo Conselho Estadual de Cultura. No espaço, existe um acervo permanente de fotos que tratam do sítio histórico da Prainha e adjacências, resgatando a história e memória do município e do Estado.

Museu Homero Massena é opção para quem preferir maior tranquilidade e conhecer a história canela-verde. (FOTO: Divulgação/PMVV)

Já o Museu Homero Massena é um espaço dedicado a vida e obra do pintor Homero Gabirobetz Massena. O espaço fica em uma casa de esquina, no Parque da Prainha, onde Massena viveu por 23 anos. Na casa, o visitante pode conhecer um pouco mais da vida do artista, como livros, pincéis e um quadro não acabado, além de cômodos e objetos pessoais que foram preservados.

A Casa da Memória e o Museu Homero Massena estarão abertos neste feriado de sábado (6) a quarta-feira (10), das 10 às 16 horas.

Comentários

Mais lidas

Peregrino das Artes faz grafite decor na residência de músico capixaba

Série capixaba "Não Sabe Brincar, Não Desce to Play" estreia dia 13 de setembro

"Zona de Conforto": Islan MC lembrará de momentos da carreira em novo álbum