Pular para o conteúdo principal

Festivais de música instrumental e estética musical são discutidos no Formemus

O segundo dia do Formemus (Formação Mercado Musical), nessa sexta-feira (31), foi marcada pelo grande público envolvido com a música que prestigiou os painéis, palestras, mostra de videoclipes e os showcases, com presença de importantes nomes da música local e nacional, entre cantores, produtores e curadores de festivais.

Painel com temática de festivais de música instrumental abriu o segundo dia de programação. (FOTO: Gustavo Andrade/OMMC)
No início da tarde, centenas de pessoas estiveram no auditório do Palácio da Cultura Sônia Cabral, no Centro de Vitória, onde inicialmente aconteceu o painel "Circulação em Festivais de Música Internacional - Seu som pelo mundo!", mediado pelo capixaba Eduardo Lucas, que é professor na Faculdade de Música do Espírito Santo (Fames) e coordenador geral da Orquestra de Violões nas Escolas Estaduais do ES. Os participantes do painel foram Barral Lima (MG), Carla Ennes (RJ), Ivanna Tolotti (SC), Luiza Morandini (SP) e Max de La Fuente (Chile).

Luiza Morandini é jornalista e cuida da programação e curadoria das respeitadas JazzNosFundos/CCMI e JazzB ao lado de Maximo Levy, o fundador das casas de shows que ficam em São Paulo. Em um momento, durante o painel ela comentou sobre os públicos das casas. "O JazzB é um clube mais intimista e tem um público um pouco mais velho, que gosta de sentar fica tranquilo para ouvir a música. O JazzNosFundos tem uma característica mais descontraída. Já nasceu assim, pois era num fundo de um estacionamento. Todo mundo se encantava porque era um lugar muito diferente", disse.

O segundo painel "Produção e Estética Musical - A música do Futuro!", também foi mediada por Eduardo Lucas. Participaram Alec Haiat (SP), Bruno Giorgi (RJ), Márcio Brant (MG), Pena Schmidt (SP) e o capixaba Sérgio Benevenuto.

O segundo painel também teve representantes de diversos estados, a exemplo de SP e MG. (FOTO: Gustavo Andrade/OMMC)
No início da noite aconteceu a mostra de videoclipes, com os clipes Roma, do Cinco Nós; Space Woods, do My Magical Glowing Lens; Um dia de Festa, do Facção Caipira (RJ); Pneumonia, de C.Z & Frossard (RJ); Passaporte para a fé, de Macacko; Praia Azul, de Israel Costa (MA); e Ipanema Parati, do Suspeitos na Mira.

Ainda no auditório, ocorreu o painel "Dead Fish - Da sala 11 para o mundo!", em que Rodrigo Lima, fundador da banda capixaba Dead Fish, discorreu sobre carreira e posicionamento no mercado musical. Por volta de 20 horas, no palco externo, Silibrina (SP), Taco de Golfe (SE) e LOTX (SP) se apresentaram.

Nessa sexta, nomes importantes da música capixaba prestigiaram o evento: Kamila Gabriel (Soudha), Gabriela Brown, Manfredo, Cainã Morelatto (Cainã e a Vizinhança do Espelho) e Lucas Azevedo (OSES).

Formemus
A segunda edição do Formemus teve início na última quinta-feira (30) e acontece até o próximo domingo (02), no Palácio da Cultura Sônia Cabral. Será uma vasta programação, com painéis, palestras, workshops, ambiente de negócios e showcases, que foram selecionados através de chamamento aberto para todo o Brasil e América Latina.

Serviço
Formemus - 2ª Edição
Datas e horários: 30/mai a 02/jun (quinta a domingo), a partir de 13h
Local: Palácio da Cultura Sônia Cabral - Praça João Clímaco, s/n, Centro, Vitória
Entrada: Gratuita (credenciamento online)
Informações: Formemus
Programação completa

Comentários

Mais lidas

"Crises Internas": Destino Clan lança primeira música

Andressa em busca de realizações na carreira em São Paulo

Destaques OMMC #54