Pular para o conteúdo principal

Dançarina renovada com oportunidades em Portugal

A quase um ano ela decidiu deixar o Brasil para tentar novas oportunidades e dar melhores condições para o filho na Europa. Joyce dos Reis Ignácio, 27 anos, morava em Vila Velha, sua cidade natal, quando resolveu rumar a Lisboa, em Portugal junto com o pequeno Jean. Mesmo com o amor pela dança o início em terras portuguesas não foi tão simples para a capixaba, que atualmente se sente renovada longe do Espírito Santo.

A dançarina Joyce Ignácio deixou o Brasil para buscar novas oportunidades em Portugal. (FOTO: Acervo pessoal)
Antes de sair do Brasil, Joyce lembra que já trabalhava com dança. Ela era instrutora de zumba em Vila Velha. "Minha primeira formação de instrutora de zumba, conquistei no Brasil. O B1, com Ricardo Carvalho. Antes de vir para Portugal dava aulas no centro comunitário de Vila Garrido". 

Ao chegar em Lisboa, não poderia exercer a função. Mas não foi isso que a deixou desistir de seus objetivos.  "Quando cheguei tinha que fazer equivalência a meus estudos e isso leva se tempo por aqui. Então minha primeira área de trabalho foi auxiliar de geriatria, em um lar de idosos", conta. Mas de acordo com Joyce, o a que motivou em Portugal foi poder dar uma oportunidade de segurança e educação para o filho Jean.

A capixaba foi em busca de ampliar sua formação na dança e está se encaminhando para exercer a profissão. "Em Tavira, na região de Algarve, fiz o B2 com Ludmilla Marzano. Ainda não dou aula de zumba pois tenho que ter a cédula profissional para exercício físico, o qual estou cursando", afirma.

Joyce, ao fundo, tem trabalhado como dançarina em grupos musicais em casas de shows na região de Lisboa. (FOTO: Acervo pessoal)
Enquanto isso Joyce, que é considerada trabalhadora independente na área da dança, parece ter encontrado uma forma de exibir seu gingado e suingue brasileiro trabalhando com grupos musicais em casas de shows. Ela conta que muitas outras brasileiras exercem essas atividades. "Em casa de shows nos contratam para animação ao público. Trabalho com DJs, MCs e grupos musicais. É pago o cache acordado entre as partes e temos como documentos de trabalho os recibos verdes".

Atualmente a dançarina vive em um apartamento em Cascais, na região metropolitana de Lisboa, com a mãe e o filho, entre outros familiares. "Arrendamos um apartamento com três quartos onde vivemos eu, meu filho, minha mãe, meu padrasto, minha irmã mais nova e os filhos dela", diz Joyce.

A capixaba relata que sente ter feito o certo ao ter deixado o Brasil e afirma estar renovada em Portugal. "Eu fiz certo, pois na altura vi que em Portugal teria maior oportunidade de trabalhar. Isso por que, com meu filho bem seguro e na escola em tempo integral seria e está sendo mais flexível para estar trabalhando", finaliza.

Confira outros registros de Joyce:




Comentários

Mais lidas

Reveja o tempo real: 'Equilibrium Festival'

Rap e samba: Melanina MCs participam de clipe com Tunico e Martinho da Vila

Equilibrium Festival acontece neste sábado (15), em Vila Velha