Pular para o conteúdo principal

Seminário discute produções de videoclipes no Espírito Santo

Em busca de qual é o lugar do videoclipe musical produzido no Espírito Santo e para saber se há espaço para esse produto no mercado, artistas, professores e intelectuais participam do Seminário "O Lugar do Videoclipe do Espírito Santo". 

Totalmente on-line, o debate será realizado entre esta terça-feira (25) e a próxima quinta (27). Os palestrantes são referências nacionais em pesquisas sobre videoclipe e mercado da música.

O músico Manfredo se apresentará na programação do evento. (FOTO: Divulgação)
Este projeto pretende estruturar e tornar possível o debate acerca das produções audiovisuais voltadas para a música no Espírito Santo através de um seminário com palestras com pesquisadores durante três dias em sessões remotas exibidas ao vivo e de forma gratuita pelo Facebook, YouTube e Instagram da produtora Panela Audiovisual, que está realizando o evento com patrocínio da Lei Aldir Blanc e da Secretaria de Estado da Cultura.

"Atualmente o videoclipe é um dos principais suportes de divulgação do trabalho de um artista ou banda nas redes sociais. São produzidos dezenas de vídeos do tipo todos os anos, mas os mesmos não encontram espaço suficiente para a quantidade e qualidade dessas obras serem apreciadas e valorizadas", relata o idealizador do seminário, o jornalista e radialista Luiz Eduardo Neves.

Ele aponta que há uma lacuna no debate sobre o mercado cultural capixaba de audiovisual voltado para a música e disse que a ideia é começar a suprir essa necessidade com o seminário.

Pesquisas recentes oriundas do campo dos 'Sound Studies' – Estudos de Som – têm colaborado decisivamente para desnaturalizar a relação som-imagem, analisando em profundidade o papel das tecnologias sonoras dentro da cultura audiovisual. 


Da mesma forma, no campo específico dos estudos de cinema, ideias anteriores sobre a preponderância das imagens sobre os sons vêm sendo substituídas por um entendimento mais claro sobre os papéis do som nos filmes. "O seminário pretende introduzir entre nós esta temática ainda pouco abordada no Brasil, a partir do ponto de vista de pesquisadores nacionais e locais reunidos para discutir as diversas formas de articulação do universo da cultura sonora e musical com o universo das imagens", completa Neves.

Programação
25/mai (terça-feira)
19h - Mesa I: Raça e gênero da canção no videoclipe - Palestrantes: Jorge Nascimento (UFES), Luciana Xavier (UFABC) e Ariane Holzbach (Gama Filho/UFF), com moderação de Luiz Eduardo Neves (UFES)
21h - Apresentação cultural (live) – 15 no Pente

26/mai (quarta-feira)
19h - Mesa II: Videoclipe nas redes: o mercado da música e a ecologia digital - Palestrantes: Simone Pereira Sá (UFF) e Edgard Rebouças (UFES), com moderação de Luiz Eduardo Neves (UFES)
21h - Apresentação cultural (live) – Manfredo

27/mai (quinta-feira)
19h – Mesa III: Regionalismos e territorialidades: aspectos locais e culturais do videoclipe - Palestrantes: Thiago Soares (UFPE), Daniela Zanetti (UFES) e Jeder Janotti (UFPE), com moderação de Luiz Eduardo Neves (UFES)
21h – Apresentação Cultural (live) – Bella Nogueira

Comentários

Mais lidas

Agenda Capixaba #39

Monia se apresenta com o Monialisa Sunset, no próximo domingo (26)

Agenda Capixaba #40