Pular para o conteúdo principal

Quinto dia do Oitavário da Penha é marcado pela romaria dos militares

Campinho do Convento durante o quinto dia do oitavário. (FOTO: Divulgação/Aves)
A imagem de Nossa Senhora da Penha foi levada em romaria pelos militares até o Campinho do Convento, em Vila Velha, no quinto dia do Oitavário, durante a tarde ensolarada desta quinta-feira (20). As sombrinhas que ontem coloriram o campinho protegendo os fiéis da chuva fina, hoje foram abertas para protegê-los do sol forte na tarde comandada pela área de Serra e Fundão. A Missa foi presidida pelo padre Jones Teixeira, da Paróquia Nossa Senhora da Penha, de Jardim Limoeiro, em Serra.

A romaria dos militares, já tradicional na Festa da Penha, teve início no portão do Convento da Penha, na Prainha, e contou com participação de militares do Exército, da Marinha, Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, além de policiais civis.

Oitavário
A homilia realizada pelo padre Fernando Souza da Paróquia São Francisco de Assis, em Laranjeiras, nos lembra que o texto do Evangelho Segundo Lucas de hoje, nos convida a proclamar a ressurreição de Jesus e também a promover em nós a ressurreição para a vida nova. “Vida plena no Ressuscitado, eis a vocação de todo batizado! Jesus aparece no meio dos apóstolos e diz:  A paz esteja convosco. O Cristo ressuscitado deseja a todos a paz que vem de Deus. É justamente essa paz que nós capixabas tanto necessitamos. Interceda por nós, oh Mãe da Penha”, pediu.

O padre seguiu afirmando que como cristãos precisamos ser os primeiros promotores da paz, pois a responsabilidade de promover a paz na sociedade é missão de cada batizado que se coloca como discípulo de Jesus. Também é direito de todo cristão, de todo cidadão cobrar das autoridades competentes a paz em nossa sociedade. Portanto, a paz é dever de todos.

O Padre Fernando lembrou que Jesus se entregou por nós. “Ele se entregou, se doou na cruz por todos nós a fim de que a salvação nos alcançasse. Louvado seja Deus pelo sim de Jesus. Louvado seja Deus também porque nos deu a missão de evangelizar. Que a Virgem da Penha, Senhora das Alegrias, ao apontar o caminho do seu filho nos ajude nessa caminhada para Deus”, concluiu. Ao final, convidou a todos para voltar os olhos para a imagem de Maria e pedir sua interseção em todos os momentos de nossas vidas.

Os militares capixabas tiveram seu momento de fé e devoção a Nossa Senhora da Penha na tarde desta quinta-feira (20). (FOTO: Divulgação/Aves)
A jovem Maria Eduarda Lima dos Santos subiu o Convento da Penha com um buquê de rosas brancas para oferecer à Nossa Senhora da Penha. Sua mãe, Maria Sales, que recorreu a Ela quando a menina teve um problema de saúde que a fez perder quase todo o cabelo. Nenhum médico conseguia descobrir o que estava causando o problema. “Pedi uma orientação a Ela e a resposta veio rápido. Dias depois um médico conhecido nosso fez o diagnóstico e receitou a medicação. O problema de saúde dela foi resolvido e hoje viemos agradecer a graça”, contou.

Programação de sexta-feira
Nesta sexta-feira (20), feriado de Tiradentes, a programação da Festa da Penha segue com o oitavário comando pela área Pastoral de Vitória, a partir de 14h30, no Campinho do Convento. Ainda a tarde, no Parque da Prainha, começam a se apresentar as atrações do Palco Cultural, com Vila Velha Força Break, às 15h30, banda Via Aérea, às 17h30, Sandrera, às 18h30, e Bloco Bleque, às 19h30. No Palco Principal, show com Macucos, uma das bandas capixabas mais conhecidas nacionalmente, a partir de 21h00.

Comentários

Mais lidas

Viradão Vitória: muita cultura e agito no Centro da capital capixaba

Silva lança clipe de parceria com Anitta em música do novo álbum

História e turismo: aventura e desafios do Mestre Álvaro

Destaque da cena musical capixaba, Solveris comanda show na SubTrópico