Pular para o conteúdo principal

Artistas capixabas lamentam morte de Belchior, ícone da música popular

Cantor e compositor Belchior. (FOTO: Daniel Roman/Diário do Nordeste)
Após a notícia da morte do cantor e compositor cearense Belchior, de 70 anos, sendo mais de 40 anos de carreira, diversos artistas capixabas foram as redes sociais lamentar a perda do cantor e relembrar os trabalhos do artista.

José Roberto Santos Neves, subsecretário de cultura do Espírito Santo, além de escritor e jornalista, foi um dos que homenagearam Belchior. Numa postagem em sua rede social, ele lembrou um trecho da música Alucinação, lançada pelo ícone da música popular brasileira (MPB), em agosto de 1976, e que dá nome ao disco, um dos mais importantes de todos os tempos para a música brasileira.

Postagem de José Roberto Santos Neves, que relembrou sucesso de Belchior e o agradeceu pela grande carreira. (FOTO: Reprodução/Facebook)
O cantor e compositor de rock, André Prando, também relembrou um trecho de música do artista. "Ô, Belchior... 😢 Quantas lições... descanse em paz. 'E a única forma que pode ser norma é nenhuma regra ter, é nunca fazer nada que o mestre mandar. Sempre desobedecer, nunca reverenciar...'", postou o capixaba no Facebook, ao lembrar da música Como o Diabo Gosta.

Fabricio Zucoloto, que é fotografo e um dos produtores do Projeto Sonzêra, se diz em luto pela morte de Belchior. "Um Titã descansou, esse nos traduzia enquanto não sabíamos o que eramos, graças a sua penetração na MPB fez nos enxergar. Luto Belchior", escreveu. 

Tati Wuo, cantora, compositora e jornalista, e Michel Bermudes Auer, youtuber e jornalista, também fizeram suas homenagens no Instagram.

Comentários

Mais lidas

Silva lança clipe de parceria com Anitta em música do novo álbum

Fredone Fone lança livro sobre o rap capixaba, em Vitória

Sucesso na web: música de Silva é interpretada por cantora mineira

História e turismo: aventura e desafios do Mestre Álvaro