Pular para o conteúdo principal

Capixabas se destacam no Máquina da Fama

O programa Máquina da Fama, do SBT, que tem o comando de Patricia Abravanel, é uma competição entre covers que vem de todas as partes do Brasil, inclusive do Espírito Santo. E os capixabas que já participaram não fizeram feio. Aliás já conquistaram por duas vezes o primeiro lugar da atração, além de dois segundos lugares.

O OMMC buscou como foi a participação dos capixabas no programa. A primeira participação capixaba no programa foi da cantora Vanessa Ferr, 26, em novembro de 2013. Como cover de Mariah Carey com a música Hero ficou com a segunda colocação, com nota 9,7. E em abril de 2014 ela participou novamente, e como Mariah Carey. Dessa vez, com a música Without You, foi a sétima colocada com nota 9,0.

Vanessa Ferr em sua segunda participação no programa Máquina da Fama. (FOTO: Reprodução/Facebook)
E em novembro de 2013, o programa teve outro participante capixaba. Luiz Carlos, o Naldo Capixaba, de 29 anos. Ele, logicamente representou o cantor Naldo, com o sucesso Amor de Chocolate. Ficou com a décima colocação, com nota 6,9.

Naldo Capixaba se apresentou com a música Amor de Chocolate, sucesso do cantor Naldo. (FOTO: Reprodução/Youtube/SBT)
Em março de 2014 foi a vez da cantora e atriz Graciely Junqueira, 14. E ela ficou com o primeiro lugar tendo nota 9,8 da platéia, ao interpretar Vanessa da Mata e cantar a música Historia de uma Gata, desbancando dez candidatos. Hoje, como atriz, está na novela do SBT "Cúmplices de Um Resgate", onde ainda entrará no ar com a vilã Chloé.

Graciely Junqueira, hoje na novela "Cúmplices de Um Resgate", ao lado de Patricia Abravanel. (FOTO: Gracinda Castro)
Outro registro que temos é da cantora Fernanda Montalvão. Ela obteve a nota 9,4 da platéia do programa dando vida a Amy Winehouse com o cover da música Back To Black, onde a produção reproduziu o cenário do clipe original com um cemitério sombrio e macabro. A participação da capixaba de 21 anos foi em março deste ano e apesar de ter ficado na quinta posição entre oito candidatos a apresentação foi uma das mais comentadas nas redes sociais. Veja mais. Agora ela tem feito sucesso com o Projeto Amy!, em que se apresenta com músicas da britânica.

Fernanda Montalvão durante apresentação no programa. (FOTO: Reprodução/Facebook)
Em junho duas participações. No dia 15, Lucas Zanandrea, 23, participou interpretando o cantor Adam Levine, da banda Maroon5, com o sucesso Sugar. Ela contou que começou a cantar a quatro anos depois de uma viagem para o Canadá. Foi um intercâmbio e ele voltou com uma energia musical que abriu muitas oportunidades. Ele obteve a nota 9,2 e ficou com o quinto lugar entre sete participantes.

Lucas Zanandrea interpretou o cantor Adam Levine, da banda Maroon5. (FOTO: Reprdução/Instagram)
No dia 22 foi a vez de Rafaela Mariani Monjardim, a Ani Monjardim, 21. Depois de participar de um reality show musical no canal Multishow e integrar o grupo Girls, a capixaba chegou ao programa com toda a energia da americana Miley Cyrus, onde cantou a música Can't Be Tamed, tendo nota 9,7 e ficando na segunda posição. Até contou uma história super inusitada de quando passou férias na Califórnia e bateu na porta da casa da estrela pop. "Obrigada todo mundo que assistiu. Foi muito importante pra mim", agradeceu Ani em uma rede social.

Ani Monjardim ficou na segunda posição em sua participação. (FOTO: Divulgação)
Já em agosto o Máquina da Fama teve uma Ariana Grande bem diferente. O capixaba Thyago Oliver, 28, sempre teve facilidade para cantar com vozes femininas. Nos shows que fazia, seu repertório era composto por divas e estrelas do pop. Chegou ao palco surpreendendo a plateia ao interpretar Break Free. Ele, que é de Vitória, ficou com a terceira posição, obtendo nota 9,7.

Thyago Oliver diz que sempre teve facilidade para cantar com vozes femininas. (FOTO: Reprodução/Youtube/MáquinadaFama)
O vocalista do grupo Pele Morena, Andrinho, participou da atração no dia 21 de setembro. O cantor de 35 anos contou que sonhava em ser jogador de futebol. Quando era adolescente, entre uma partida e outra, observada o trabalho dos músicos que frequentavam o bar do pai dele e começou aí uma paixão pelo pagode. Há mais de 15 anos, ele é comparado ao ídolo Anderson, do Molejo. Ele apresentou o cover da música Samba Diferente, conquistando a segunda posição, com nota 9,7.
Andrinho viveu o ídolo Anderson, do Molejo por alguns minutos. (FOTO: Reprodução/Youtube/MáquinadaFama)
E na última segunda-feira (19) a cantora Kamila Gabriel, 26, ficou com o primeiro lugar. Ela interpretou a cantora norte-americana Miley Cyrus e surpreendeu a plateia com a dramática Wrecking Ball. Ela disputou o programa com outros quatro participantes e obteve a nota 9,9. A paranaense radicada em Vila Velha desde os 11 anos é de uma família de músicos. Leia mais.

Kamila Gabriel venceu a edição da última segunda-feira (19). (FOTO: Reprodução/Youtube/MáquinadaFama)
Números das participações capixabas
Participações: 10
Vencedores: 2 (Graciely Junqueira e Kamila Gabriel)
Segundos lugares: 3 (Vanessa Ferr, Ani Monjardim e Andrinho)
Melhor nota: 9,9 (Kamila Gabriel)
Nota mais frequente: 9,7 (4 vezes)

Comentários

Mais lidas

Silva lança clipe de parceria com Anitta em música do novo álbum

História e turismo: aventura e desafios do Mestre Álvaro

Destaque da cena musical capixaba, Solveris comanda show na SubTrópico

Viradão Vitória: muita cultura e agito no Centro da capital capixaba