Pular para o conteúdo principal

Museu do Pescador traz exposição "Identidade Diversidade"

O paradoxo "singularidade e pluralidade" que nos permeia e nos constitui como sociedade é o tema da atual exposição do Museu Histórico da Ilha das Caieiras "Manoel Passos Lyrio". A mostra "Identidade Diversidade", do artista Dejair Paulo, foi aberta nesta semana e estará em cartaz até setembro.

Uma das obras de Dejair Paulo que estão expostas no museu. (FOTO: Divulgação/PMV)
Para a exposição, foram selecionadas obras do acervo pessoal de Dejair, que também trará novas criações concebidas especialmente para a ocasião. Serão mais de 200 obras, entre vídeos, colagens, poesia, fotografias, esculturas, desenhos e pinturas. "Nosso objetivo é retratar os diversos aspectos humanos. Formas, cores, origens, gêneros, idades, aparências e talentos que se combinam de infinitas maneiras, que nos fazem ser únicos e, ao mesmo tempo, unidos em um mosaico de seres humanos", explica Dejair Paulo.

"Vamos explorar as variadas formas estéticas e proporções humanas. Cada indivíduo possui um conjunto de características físicas e psicológicas peculiares que formam sua identidade. A exposição busca levar o público a refletir sobre a diversidade que compõe nossa sociedade e a importância de exprimir a individualidade, um ato de respeito próprio e ao outro", completou.

A exposição "Identidade Diversidade" estará aberta gratuitamente ao público de 6 de julho a 12 de setembro, de terça a sexta-feira, das 10 às 18 horas, e nos finais de semana, do meio-dia às 16 horas.


Ação cultural 
Em virtude da pandemia, para que não haja aglomeração em um evento de abertura, foi criada uma ação cultural com o artista no sábado seguinte, dia 10, das 14 às 18 horas, quando Dejair estará no Museu  do Pescador recepcionando os visitantes, fazendo a monitoria da exposição e desenhando retratos, em tamanho A6 (14,8 x 10,5 cm), de alguns dos espectadores.

A cantora Karen Zanella fará uma apresentação de voz e violão, cantando músicas brasileiras, incluindo composições de sua autoria.

O artista
Dejair Paulo é um artista capixaba que se utiliza de múltiplas linguagens para se comunicar. Dança, literatura, cinema, desenhos, pinturas, cartazes, esculturas, colagens e fotografias são os seus meios para transmitir suas diversas mensagens e fazer o espectador refletir sobre os variados temas que transitam pela sociedade.

Formado em Artes Plásticas e pós-graduado em Artes Visuais, trabalhou como professor efetivo de Artes na rede pública municipal de Vitória e do Estado. Entre seus prêmios, está o Certificado de Honra ao mérito como escritor na 6ª Feira Literária Capixaba (Flic-ES).

Cuidados
Os protocolos de prevenção ao coronavírus estão sendo rigorosamente seguidos no Museu do Pescador. O local comporta, neste momento, o número máximo de seis pessoas por vez e o uso da máscara em seu interior é obrigatório, bem como o uso de álcool em gel. Os visitantes também passam por aferição de temperatura. Não é necessário realizar agendamento prévio para visitação.

Comentários

Mais lidas

Agenda Capixaba #39

Monia se apresenta com o Monialisa Sunset, no próximo domingo (26)

Agenda Capixaba #40