Pular para o conteúdo principal

Gilberto Gil é homenageado no 27º Festival de Cinema de Vitória

O baiano Gilberto Gil será o homenageado da 27ª edição do Festival de Cinema de Vitória, o maior festival de cinema do Espírito Santo. Em 2020, o evento acontece de 24 a 29 de novembro, de forma online e totalmente gratuita, em razão da pandemia de Covid-19.

O baiano Gilberto Gil é o homenageado do festival de cinema capixaba. (FOTO: Gérard Giaume)
Como parte da homenagem será produzido o Caderno do Homenageado, uma publicação exclusiva assinada pelo jornalista e escritor Jace Theodoro, além da entrega do Troféu Vitória.

O festival exibirá com exclusividade um trecho do documentário inédito Disposições Amoráveis, de Ana de Oliveira (BA), que acompanha as percepções de Gil em três países diferentes: Chile, Índia e Uruguai. Neste último, Gilberto Gil se encontra com o ex-presidente do país, Pepe Mujica.

No longa-metragem, Gilberto Gil reflete sobre temas fundamentais da vivência contemporânea, como amor e o futuro da humanidade. Unindo o discurso do cantor baiano, as palavras de diversos pensadores brasileiros, música e encontros com o objetivo de trocar ideias e experiências, o documentário procura pensar sobre os tempos atuais e suas questões.

Para a diretora do festival, Lucia Caus, é uma honra poder homenagear o artista. "Gilberto Gil é a síntese do melhor do Brasil. Uma explosão de talento, carisma, inteligência e representatividade. É uma honra e um prazer reverenciá-lo e, desta forma, homenagear o nosso país".


Gil durante as gravações de Disposições Amoráveis, de Ana de Oliveira, na Índia. (FOTO: Candice Carvalho)
O homenageado
Gilberto Passos Gil Moreira, conhecido como Gilberto Gil (Salvador, 26 de junho de 1942), é um cantor, compositor, instrumentista, produtor musical e político brasileiro, conhecido por sua contribuição na música brasileira e por ser vencedor de prêmios Grammys Americano, Grammy Latino e galardeado pelo governo francês com a Ordem Nacional do Mérito (1997). Em 1999, foi nomeado "Artista pela Paz", pela UNESCO.

Gil foi também embaixador da ONU para agricultura e alimentação e ministro da Cultura do Brasil (2003–2008). Em mais de cinquenta álbuns lançados, ele incorpora a gama eclética de suas influências, incluindo rock, gêneros tipicamente brasileiros, música africana, funk, música disco e reggae.

Gilberto Gil emprestou o seu talento para diversas produções audiovisuais. Um de seus trabalhos mais emblemáticos no cinema, é a trilha sonora do filme Eu, Tu, Eles (2000), dirigido por Andrucha Waddington (RJ) e protagonizado por Regina Casé (RJ).

Mas sua carreira no audiovisual começa ainda nos anos de 1969, quando fez sua primeira colaboração para o cinema no filme Brasil Ano 2000, de Walter Lima Jr (RJ).

Saiba mais
Festival de Cinema de Vitória tem mais de mil filmes inscritos

Comentários

Mais lidas

Agenda Capixaba #43

Agenda Capixaba #40

Agenda Capixaba #37