Pular para o conteúdo principal

Fotógrafo francês levou primeiras imagens capixabas para Europa, no século XIX

Fotos produzidas sob encomenda do imperador Dom Pedro II foram as primeiras imagens do Espírito Santo divulgadas na Europa, no século XIX. Na época, o intuito era mostrar as recém-criadas colônias de imigrantes para atrair mais pessoas as terras capixabas.

Imagem em 1860 do Rancho Imperial, em Santa Leopoldina, onde Dom Pedro II jantou. (FOTO: Jean-Victor Frond)
Mas o que ficou por mais de um século sem ser desvendada foi a autoria de um total de 16 fotos. O responsável por esse feito foi o jornalista Cilmar Franceschetto, que atribuiu os créditos ao fotógrafo francês Jean-Victor Frond, após intensa pesquisa. Ele teve acesso ao relatório do barão suíço Johann Jakob von Tschudi, enviado ao monarca, que relatava a vida nas colônias.

No documento, ao falar sobre Santa Leopoldina, Tschudi fez uma crítica bastante severa a "um certo sr. Victor Frond", em suas palavras, cujas fotografias retratavam apenas os colonos saudáveis, minoria na colônia, ao invés de revelar a verdade estampada no rosto e no corpo da maioria dos colonos.

Através do relatório foi possível identificar as fotografias do francês, que estavam juntas aos registros do fotógrafo alemão Albert Richard Dietze, na sede da Biblioteca Nacional, no Rio de Janeiro.

Algumas das fotos trazem a Fazenda do Barão de Itapemirim, com o casarão em destaque; o lote e habitação do colono Christoph Werner na colônia de Santa Isabel; e o Rancho Imperial às margens do rio Fumaça, na colônia de Santa Leopoldina, onde Dom Pedro II jantou.

Livro lançado
Cilmar é diretor-geral do Arquivo Público do Estado do Espírito Santo (APEES), e inclusive lançou, em 2016, o livro "Victor Frond - 1860: uma aventura fotográfica pelo itinerário de D. Pedro II na Província do Espírito Santo".

A publicação é um estudo detalhado sobre a visita de Victor Frond, contratado pelo governo imperial, para excursionar pela então Província do Espírito Santo, em 1860, ocasião em que produziu as primeiras fotografias por estas terras capixabas.

Vitória em 1860: panorâmica geral da cidade feita pelo fotógrafo francês. (FOTO: Jean-Victor Frond)
Fotos de Vitória
Victor Frond fez os primeiros registros existentes de Vitória, em uma série de fotos panorâmicas. Os registros mostram por exemplo, a vista geral da capital e a entrada da baía de Vitória.

Comentários

Mais lidas

Ao vivo: "Toro Live Transmission #002"

Roberto Carlos cancela shows devido a pandemia do novo coronavírus

Para incentivar turismo, Circuito Histórico é lançado em Vila Velha