Pular para o conteúdo principal

Luz del Fuego Festival: representatividade feminina na cena musical capixaba

O Luz del Fuego Festival, que acontece no próximo sábado (09), a partir de 14h30, na Fluente, em Vitória, promete ser um dia histórico para a as mulheres artistas que desenvolvem seus trabalhos na cena musical e cultural do Espírito Santo.

Gabriela Deptulski é integrante da banda My Magical Glowing Lens. (FOTO: Aline Deptulsky)
My Magical Glowing Lens, Melanina MCs, Gabriela Brown, Whatever Happened to Baby Jane, Gavi e Budah se apresentam e serão protagonistas no festival. São algumas das mais talentosas bandas, artistas e produtoras musicais capixabas, com rap, black music, hardcore, pop e psicodelia.

O evento é organizado por Louisy Carvalho e Gabriela Brown, que inclusive lançou o videoclipe da música Lira, na última terça-feira (05), com apoio do Funcultura, fundo de fomento à cultura coordenado pela Secretaria de Estado da Cultura (Secult).
 
 
Gabriela Brown conta que o projeto surgiu de uma demanda quando buscava conhecimento de produção musical. "Estava aprendendo sobre produção musical com homens. Mas queria aprender com outras mulheres para me enxergar nesse processo", esclarece.

Segundo a franco capixaba, os dados de participação das mulheres nas lines dos festivais no Brasil são alarmantes. "Não passa de 30%. Isso me incomoda demais, por isso escrevi o projeto e o mesmo foi aprovado", detalha.

A vocalista da My Magical Glowing Lens, Gabriela Deptulski, garante que o festival objetiva mostrar a independência das mulheres na música capixaba. "Qualquer evento liderado por mulheres e que potencialize a arte é muito importante para a igualdade geral na sociedade. Nós mulheres somos muitos desprivilegiadas socialmente em algumas profissões e a música é uma delas", afirma.

Gabriela Deptulski lembra ainda dos números negativos, em que o ES tem um dos maiores índices de feminicídios do Brasil, que a cantora e produtora considera o grau mais elevado do machismo.

O Luz del Fuego Festival contará ainda com 16 exposições, desde artesanato, vestuário, artes plásticas, fotografia, cosméticos, gastronomia, maquiagem, tatuagens, bodypiercings, fotografia, todos projetos comandados por mulheres.

O evento terá cobertura completa do O Melhor da Música Capixaba, no portal e redes sociais.

Workshop
O que culmina no próximo sábado com o festival teve início nos dias 14 e 15 de setembro, quando 15 mulheres se reuniram num wokshop para ambientação em processos musicais, com dicas e aprendizados sobre diversas áreas da produção musical.


O resultado final do workshop foi a produção e gravação de uma canção coletiva entre elas, que será apresentada pela primeira vez no sábado, prometendo ser uma ponto alto do festival.

Luz del Fuego
O nome do festival vem do nome artístico de Dora Vivacqua, cachoeirense que ganhou o Brasil como dançarina, atriz, escritora e naturista, além de ser influência do feminismo.

Serviço
Luz Del Fuego Festival 
Data e horário: 09/nov (sábado), a partir de 14h30
Local: Fluente - Av. Saturnino Rangel Mauro, 505, Jardim da Penha, Vitória
 Entrada: Gratuita
Informações: (27) 3347-1512
Evento no Facebook

Comentários

Mais lidas

Artistas mulheres pedem respeito e mostram que dominam no Luz del Fuego Festival

Fotos: Luz del Fuego Festival

Destaques OMMC #53