Pular para o conteúdo principal

Festa italiana com música e tombo da polenta em Vila Velha

Para comemorar os 145 anos de imigração italiana no Brasil, no próximo final de semana, a Prefeitura de Vila Velha realiza a Tutti Buona Gente, uma festa com muita música, dança, projeção de filme e boas opções de gastronomia no Parque da Prainha. Inclusive, no evento, ocorrerá, pela primeira vez no município, o tombo da polenta. A entrada é franca.

A festa italiana será marcada por muito música tradicional e o famoso tombo da polenta. (FOTO: Divulgação)
A festividade começa nesta sexta-feira (1º), com apresentações de coral, orquestras, além de muita música italiana. Já no sábado, haverá a exibição do filme Tutti tutti Buona Gente, de Orlando Bonfim com a presença do cineasta, além de apresentações dos grupos típicos Di Ballo Granello Giallo e Toni Boni. Já no domingo, às 18 horas, ocorre, pela primeira vez em Vila Velha, o tombo da polenta, prato típico da cultura italiana.

O secretário municipal de Cultura, Alvarito Mendes Filho, ressalta que boa parte da população do Espírito Santo e de vários estados brasileiros é formada por imigrantes italianos, que deram grande contribuição para a economia e a cultura. "O que nós estamos fazendo em Vila Velha é uma celebração da imigração italiana no Brasil. A festa será muito bonita e envolve música, dança e gastronomia italiana", afirma.

Atualmente, há descendentes de italianos em diversas parte do país, resultado de um processo imigratório que começou pelo Espírito Santo. Na segunda metade do século XIX, o Brasil precisou buscar, na Europa, camponeses para povoar áreas de seu território que ainda não se encontravam ocupadas. 

Esse processo, que já acontecia desde o início do século XIX, foi intensificado por um fator histórico de grande importância: as lutas pela unificação dos territórios dos estados alemão e italiano.

Imigrantes
O primeiro núcleo brasileiro a receber imigrantes de origem italiana foi o núcleo colonial do Timbuhy, em Santa Teresa, em 1874, com a expedição organizada pelo italiano Pietro Tabacchi, que, por iniciativa particular e em parceria com o governo provincial, trouxe para o Espírito Santo 388 imigrantes provenientes das regiões do Trento e do Vêneto, que desembarcaram no porto de Vitória.

Com a vinda de colonos italianos, aconteceu o surgimento de pequenas propriedades agrícolas no território capixaba, onde se formaram núcleos familiares de imigrantes.

Programação completa
- 1º/nov (sexta-feira)
18h – Praça de alimentação
18h30  – Canções italianas com os DJs Robinho Thomaz e Alex Debossan
19h30 – Coral da ArcelorMittal
20h30 – Leandro Bellumat e orquestra

- 02/nov (sábado)
18h – Praça de alimentação
18h30 – Projeção do filme “Tutti tutti Buona Gente”, de Orlando Bonfim com a presença do cineasta
19h – Grupo Di Ballo Granello Giallo
20h – Grupo Toni Boni

- 03/nov (domingo)
16h – Praça de alimentação
16h30 – Canções italianas com os DJs Robinho Thomaz e Alex Debossan
18h – Primeiro tombo da polenta em Vila Velha
19h – Grupo Di Ballo Nova Trento
20h – Banda Gioco Di Mora

Comentários

Mais lidas

Capixabas participam de votação para se apresentar no Lollapalooza

Regional da Nair arrasta mais de 20 mil pessoas em Vitória

Carnaval em Vila Velha com shows e blocos em todas as regiões