Pular para o conteúdo principal

Exposição em Vitória traz o olhar de Rick Rodrigues sobre a infância

Exposição traz o olhar de Rick Rodrigues sobre a infância. (FOTO: Secult ES)
Uma sensível viagem pelas lembranças da infância em uma construção poética com vários signos e referências compõe o universo particular do artista Rick Rodrigues. Estes são os temas de sua nova exposição individual “Tudo o que não invento é falso”, que entra em cartaz no dia 10 de maio, às 19 horas, na Galeria Homero Massena.

Presença marcante nos salões de arte do país, Rick inscreveu o projeto desta exposição no Edital 15/2015 da Secult e foi contemplado. Com recursos do Funcultura, a mostra promete encantar o público, inclusive por conta da técnica utilizada pelo artista. A exposição é um conjunto de poemas desenhados em grafites coloridos, feitos com lapiseira 0.5 mm sobre papéis de texturas finas, que produzem um efeito semelhante à ilusão de ótica e fazem o observador se questionar sobre o processo de produção e as ferramentas do artista.

Mestrando em Artes e bacharel em Artes Plásticas pela Universidade Federal do Espírito Santo – UFES, e natural de João Neiva, Rick Rodrigues já teve suas obras expostas em Vitória, São Paulo, Santa Maria, Viçosa e em Portugal. A exposição segue em cartaz até 06 de agosto. Durante a mostra, acontecerão rodas de conversa com o artista e seu orientador, Carlos Eduardo Borges, feira de desenhos com a participação de outros artistas, encontros de educadores e oficinas.

A coordenadora de Artes Visuais da Galeria, Franquilandia Raft, enfatiza como o espaço da Galeria Homero Massena sempre traz novos nomes para a diversidade artística no Estado. “Todos os anos, a Galeria Homero Massena recebe jovens artistas, por meio do Edital Funcultura, muitos deles fazendo a primeira exposição individual. Rick é um deles. O público capixaba terá a oportunidade de visitar e conhecer as novidades que aqui estão sendo produzidas”, explica Franquilandia.

De acordo com o secretário de Estado da Cultura, João Gualberto, um atrativo adicional que as exposições na Galeria sempre trazem são as ações educativas, que estabelecem uma relação dialógica aos mais diferentes públicos. “Um dos objetivos da Homero Massena é aproximar o artista do público por meio de atividades realizadas ao longo da exposição: rodas de conversa, oficinas, visitas mediadas para grupos e  encontros de educadores, ou seja, ações educativas diversificadas que contribuem com o conteúdo de cada mostra.”, pontua João Gualberto.

Exposição do artista Rick Rodrigues será aberta no próximo dia 10 de maio, na Galeria Homero Massena, no Centro de Vitória. (FOTO: Divulgação)
Serviço
Exposição Tudo o que não invento é falso, de Rick Rodrigues
Abertura: 10/mai (terça-feira), às 19h00
Visitação: 11/mai a 06/ago, de 9h00 às 18h00 (segunda a sexta) e 13h00 às 18h00 (sábado)
Local: Galeria Homero Massena - Rua Pedro Palácios, 99, Centro (Cidade Alta), Vitória
Entrada: Gratuita
Agendamento de visitas mediadas pelo telefone: (27) 3131-8395
Outras informações: galeriahomeromassena.wordpress.com – ghmassena@gmail.com

Fonte: Secult ES

Comentários

Mais lidas

Capixabas tem mais de 63 milhões de streams no Spotify

Equilibrium promete grande festa de 9 anos, em Vila Velha

Capixabas fazem a Noite Subtrópico na SIM São Paulo