Pular para o conteúdo principal

Melanina MCs lança novo álbum na internet

O grupo de rap capixaba Melanina MCs lançou na manhã da última sexta-feira (26), o primeiro álbum intitulado Sistema Feminino. O trabalho, composto por 10 faixas, foi apresentado inicialmente na internet e teve pré-lançamento em outubro do último ano no Centro Cultural Sesc Glória, no Centro de Vitória.

O grupo Melanina MCs, que promove em suas letras a força do empoderamento feminino, acaba de lançar o primeiro álbum. (FOTO: Nunah Alle)
Um das faixas, Cenários, já teve vídeo-clipe lançado em setembro de 2017, tendo mais de 7 mil visualizações no YouTube. Com outra música presente no CD, Tudo Que Não Quis, participaram do concurso #NovasDivasByNiely, em novembro.

O álbum do grupo integrado por Mary Jane, Geeh, Afari Mc e Loli está disponível no Itunes, no Spotify e no YouTube, as principais plataformas digitais. Foi contemplado pelo Funcultura por meio do Edital Nº 014/2016 – Seleção de Projetos Culturais Setoriais de Música da Secretaria de Estado da Cultura (Secult). Em breve, através de uma página no Facebook, será anunciado a data e informações sobre o show de lançamento oficial e o início da venda do primeiro lote promocional do disco físico.

Leia mais
Gabi Brown, Andressa, Gavi e Melanina MCs buscam votos em disputa de concurso nacional
Melanina MC's lançam primeiro EP com shows em Vitória

Formado no ano de 2012, o grupo promove em suas letras a força do empoderamento feminino, discutindo temas extremamente recorrentes como o preconceito, machismo e o racismo por meio novas perspectivas em suas rimas. Além das influências do rap e do funk, muito presentes no seu primeiro EP Tesouro Escondido (2016), o grupo partiu para um leque mais abrangente de estilos musicais: ouvem-se ritmos latinos, reggae e até mesmo o rock.

     

Muito desta diversidade musical teve mérito também devido à participação de diversas convidadas da cena musical tanto nacional como Anna Tréa, guitarrista do rapper paulista Emicida, e capixaba, como a rapper Budah e as instrumentistas Carol Navarro, Gabriela Deptulski (My Magical Glowing Lens), Larissa Conforto e Thaysa Pizzolato. O disco contém produção musical de Henrique Paoli e Fepaschoal, e foi gravado praticamente durante o decorrer de 2017.

Comentários

Mais lidas

Peregrino das Artes faz grafite decor na residência de músico capixaba

Série capixaba "Não Sabe Brincar, Não Desce to Play" estreia dia 13 de setembro

"Zona de Conforto": Islan MC lembrará de momentos da carreira em novo álbum