Pular para o conteúdo principal

Luiza Dutra lança primeiro álbum “Meu Canto”, com faixas sobre relações amorosas

A cantora e compositora Luiza Dutra lançou na sexta-feira (28), seu primeiro álbum autoral intitulado Meu Canto. O novo trabalho da capixaba, que foi destaque no The Voice Brasil 2021, chegou em todas as plataformas digitais com sete faixas, sendo cinco delas inéditas.

Voltadas para a MPB, com toques de samba, R&B, soul e jazz, todas as músicas virão acompanhadas de visualizers na semana seguinte ao lançamento.

Luiza Dutra lançou seu primeiro álbum, com sete faixas. (FOTO: Vikki Dessaune)
Meu Canto é um trabalho especial para Luiza Dutra, onde traduz o início de sua trajetória enquanto compositora e concretiza seu trabalho como cantautora. Produzido por Jackson Pinheiro, o álbum conta com os singles Mil Mistérios – um reggae mais elegante - e Noite - MPB e R&B -, lançados no primeiro semestre deste ano, e de mais cinco canções inéditas.

“Foi aflorando em mim a necessidade de cantar com minhas próprias palavras e melodias aquilo que eu sentia. As músicas escolhidas mostram reflexões sobre o que significa cantar para mim, sobre minhas relações e sobre como me sinto diante de tudo que me cerca. Descobrir essa capacidade dentro de mim me virou e desvirou do avesso, e estou muito feliz de poder colocar esse trabalho no mundo dessa forma tão bonita”, conta Luiza Dutra.

A composição Eterno Carnaval será a faixa foco do projeto. A música foi composta por Luiza em 2021, em meio à pandemia de covid-19, quando não houve Carnaval.

Para a artista, as ruas durante a festa se enchem de alegria e de coragem, promovendo uma liberdade de ser quem se é e de demonstrar amor livremente. Com a ausência desses espaços, a artista escreveu sobre o Carnaval que existe e sempre existirá em seu coração, como analogia para jamais abandonar a coragem de ser quem se é e celebrar sua própria existência.


Já as faixas Conversa e Em Vão são duas músicas que se unem propositalmente, pois foram escritas para a mesma pessoa em momentos diferentes da relação: Conversa após o primeiro término, ainda nutrindo esperanças, e Em Vão já com uma percepção mais madura da relação e reflexões mais densas.

“A maioria das músicas falam sobre relações amorosas, mas acho que, enxergando num plano maior, elas dizem respeito ao sentir amplo e irrestrito”, explica a cantora.

O álbum da capixaba levou dois anos para ser produzido. (FOTO: Vikki Dessaune)
O primeiro álbum de Luiza levou dois anos para ser produzido e todos os detalhes tem um pouco dela e de cada artista que fez parte do projeto desde o início, como Bruno Santos, responsável pelos arranjos de metais e cordas em Mil Mistérios, Conversa e Em Vão, e que já trabalhou com Anitta, Ludmilla e Ivete Sangalo.

Com sua voz marcante, a cantora participou do programa The Voice Brasil, da TV Globo, em 2021. Ela fez parte do time da cantora Iza, chegando até às quartas de final (onde a votação é aberta ao público) sob muito elogios do também cantor Lulu Santos.

“Meu repertório no programa foi muito voltado para a MPB, que é uma paixão. Foi uma experiência incrível para a minha carreira”, lembra Luiza Dutra.


Ficha técnica
Música: Meu Canto
Data de lançamento: 28 de junho
Compositora, intérprete, arranjo de voz: Luiza Dutra
Produção musical e mixagem: Jackson Pinheiro
Masterização: Igor Comério
Estúdios: Funky Pirata e Selva Rec
Fotografia still e capa: Vikki Dessaune
Styling: Edpo Gaspar
Beleza: Milton Luz
Designers: Mateus Fraga e Pedro Santiago
Marketing Digital: Igor Kobata
Assessoria de Imprensa: Release Music
Distribuição: Ternário Records, Virgin Music Group
Projeto realizado com recursos do Funcultura e apoio da Secult/ES

Comentários

Mais lidas

Agenda Capixaba #66: shows, festas e eventos culturais de 21 a 27 de março

31º Festival de Cinema de Vitória: confira a programação completa e gratuita do evento

Formemus divulga os selecionados para o showcase após mais de 360 inscrições