Pular para o conteúdo principal

Blocos e shows arrastam multidão no Centro de Vitória

De super-heróis, sheik árabe, apoio a comunidade LGBT, a críticas a situação política do Brasil, as fantasias foram das mais diversas. Os blocos de carnaval lotaram as ruas do Centro de Vitória neste domingo (03) e foram acompanhados por trio elétrico. A concentração da Regional da Nair, o bloco mais esperado, começou às 09 horas da manhã. A tarde aconteceu a estreia do Puta Bloco na Av. Jerônimo Monteiro.  

Regional da Nair arrastou multidão na Av. Beira-Mar, no Centro de Vitória. (FOTO: Divulgação/Regional da Nair)
Para a Regional da Nair, a organização esperava 15 mil foliões na Av. Beira-Mar. O grupo completou 10 anos de surgimento em 2018, mas começou a desfilar no carnaval em 2011. Muitos foliões presentes eram da própria capital, mas estavam no bloco pela primeira vez. Havia ainda pessoas do interior, como de Colatina, e turistas, a exemplo de mineiros e cariocas.

Foliões lotaram ruas do Centro de Vitória neste domingo (03). (FOTO: Gustavo Andrade/OMMC)
O Puta Bloco deu sequência ao carnaval do Centro, tomando uma das principais vias da capital capixaba. O bloco tem como proposta abraçar a diversidade e colorir o Centro de Vitória com todas as cores do arco-íris.

Shows
Na Praça Costa Pereira houve uma programação intensa de shows durante a tarde de domingo (03). O DJ Zappie abriu as apresentações com muita música brasileira e pitadas de reggae, música latina e afrobeats. Na sequência, o samba tomou conta do evento com os shows de Juana Zanchetta e Emerson Xumbrega. Encerrando a noite, a Orquestra Ammor se apresentou levando os ritmos de fanfarra, clássicos do pop, rock, MPB e clássicos do carnaval brasileiro.

Foliões lotaram ruas do Centro de Vitória neste domingo (03). (FOTO: Divulgação/Regional da Nair)








Uma publicação compartilhada por Regional da Nair (@regionaldanair) em








Uma publicação compartilhada por Regional da Nair (@regionaldanair) em




Comentários

Mais lidas

Fotos: Lançamento do livro "Canteiros Sem Fim", de Vânia Rodrigues Calmon

Destaques OMMC #50

Agenda Capixaba #09