Pular para o conteúdo principal

Importância da catequização marca o início da Festa da Penha

O campinho do Convento da Penha, em Vila Velha, foi tomado por fiéis no último domingo (1º) na abertura oficial da 447ª Festa da Penha. O oitavário, comandado pelo guardião do Convento, Frei Paulo Pereira, 50, teve início por volta de 15 horas, seguido pela missa presidida pelo arcebispo de Vitória, Dom Luiz Mancilha Vilela, 75.

A abertura oficial marcou a primeira aparição da imagem original de Nossa Senhora da Penha na festa deste ano. (FOTO: Gustavo Andrade/OMMC)
Durante a missa, com destaque para a homilia, Dom Luiz falou da relevância do trabalho dos catequistas em evangelizar crianças, jovens e adultos. Segundo o arcebispo, todos podem ser catequistas. "Todos nós somos catequistas. Temos que passar a aquela pessoa que depende de nós que Jesus é o Senhor. Os catequistas oficiais têm que saber passar bem devagar a palavra e a importância da pessoa de Jesus, Aquele que dá sentido à nossa vida. E Nossa Senhora é a primeira catequizada e a primeira catequista", afirmou Vilela.

Para a catequista Nilça Antunes, 46, da Paróquia Santíssima Trindade, de Aribiri, a catequese é a aproximação do Senhor. "É levar as crianças a conhecerem Jesus, fazer com que eles se aproximem do Senhor. Que saboreiem Jesus, porque é quando você consegue entender o melhor do Senhor", disse Nilça.

          

Com relação ao tema, o Frei Augusto Luiz Gabriel, 23, da Província Franciscana, de São Paulo (SP), acredita que foi muito bem pensado e escolhido. "Acredito que o tema da Festa da Penha deste ano foi muito bem escolhido e definido. 'Virgem da Penha, minha alegria' é uma frase retirada do próprio Hino da Festa e que esta repleto de significado. Ao mesmo tempo em que cantamos o hino estamos também rezando e invocando a presença e a proteção da mãe da Penha", relata Gabriel.

Nesta segunda-feira (02) estão programadas missas às 06h, 07h e 09h30 na Capela do Convento. Ás 14h30 acontece o segundo dia do oitávario com Momento Devocional e Missa no Campinho do Convento, sob responsabilidade da Área Pastoral Serrana. No mesmo local, às 19h30, será realizada a "Noite Mariana: Cantando as Alegrias de Maria".

           

Comentários

Mais lidas

5º Festival de Música nas Escolas: votação aberta para decidir vencedores

Viradão Vitória: muita cultura e agito no Centro da capital capixaba

Destaque da cena musical capixaba, Solveris comanda show na SubTrópico

Auri e Zé Maholics mostram a força da cena autoral capixaba em Vitória