Pular para o conteúdo principal

Adikto "desabafa" sobre caos na segurança do ES em música

Adikto, capixaba de Vitória, atualmente o maior nome do rap do Espírito Santo, lançou na última sexta-feira (10), um vídeo-clipe, com a música Estado de Sitio (assista no vídeo abaixo), onde expõe seus pensamentos à respeito do que passa o Estado desde o primeiro sábado de fevereiro (04), com a paralisação da Polícia Militar (PMES) e uma grande onda de violência que assombra a sociedade local.

Na música, Adikto relata seu olhar sobre os fatos acontecidos. Em um trecho ele critica o governador Paulo Hartung, o vice César Colnago e o secretário de segurança, André Garcia. Confira o trecho da letra: "O Whatsapp viu Hartung frio / PH, Colnago, Garcia e sua gangue, banhando nosso estado de sangue".

               

Dois álbuns e diversos prêmios
Adikto, hoje com 39 anos, lançou seu primeiro álbum, Discípulo Sem Cerimônia no ano de 2007, e fez muito barulho na cena hip hop pela qualidade musical, originalidade e versatilidade demonstrada em todas as faixas. MC Adikto faz um rap onde o jazz, o hardcore, a MPB e o funk dialogam sem preconceitos. O disco contou com diversas participações, entre elas da Banca Bicho Solto, MC Aori, Funkero, André Ramiro, Tamy e DJs como Tamenpi, LX (StereoDubs) e Boneco. Já em 2014, lançou o Discípulo Sem Cerimônia - Volume II, que também contou com participações de peso como Rappin Hood (SP) e Black Alien (RJ).

Adikto se afirmou no rap como compositor e intérprete ao vencer o um concurso de novos talentos chamado Vitória Music Festival, em 2003 com a música Vida após as drogas, de sua autoria e interpretação. A partir daí, não parou mais. Nesse caminho acumulou experiência subindo em diversos palcos do Brasil, e até mesmo no maior festival de hip-hop da América Latina, o HUTUS, no ano de 2004. Em 2005, foi um dos finalistas da Liga dos MC's, maior evento de Batalha de Rimas que acontecia no Brasil até então. Foi vencedor do Prêmio REC 2008 com o vídeo clipe Discípulo Sem Cerimônia e indicado ao Prêmio Marlin Azul no Vitória Cine Vídeo 2008. Em 2009, foi premiado no Hutuz Hip-Hop Festival na categoria melhor demo da década.

Confira abaixo a letra da música na íntegra:
Bem vindo ao Espírito Santo

Nome contraditório prum estado de pranto
Seja bem vindo a terra de ninguém, aqui é cada um por si e todos pelos próprios bens
Bem, que saudade do meu bem,
Ela vinha pra cá e eu disse "Não, pro seu bem, nem vem!"

O barato tá loco tá embassado, tá rolando assalto, tiro e morte, pra todo lado
E a polícia? Sumiu, Sensação? Calafrio, O Whatsapp viu Hartung frio 
PH, Colnago, Garcia e sua gangue, banhando nosso estado de sangue 
Agora segura essa pica viado, por tua causa o IML tá lotado 
População tá assustada, tá intocada, enquanto isso a PM tá aquartelada
Exército nas ruas e a guarda nacional, protege a área nobre e na perifa tá tudo normal 
Afinal, a violência tá no guetto, né novidade pros pobre, pros preto 
Policiamento lá nunca existiu, corpo e tiroteio na favela, quem nunca viu?! 
Quer jogar um GTA real, então venha... já nem sei mais se o Convento é da Penha, se ele tiver lá, é dela ainda, mas pode ser que a coisa mude enquanto o bagulho num finda 
Comércio todo sendo saqueado, e sociedade mostrando o seu outro lado
Tiraram a coleira do pescoço do cão raivoso saiu pra rua e o resultado é tenebroso 
A segurança é uma sensação e o medo deixa todo povo sem ação
Enquanto isso desce mais um caixão, bem que se se podia tá lá dentro né não?!
PH e polícia na queda de braço, a civil, sem perícia, nem peito de aço
Cidadão ou bandido, dos males o menor, afinal o imperador impiedoso não tem dó 
Você tá lendo Maquiavel demais, só que tem um detalhe: se não é príncipe rapaz
E nem aqui é teu reinado, se continuar assim logo será destronado
O que é teu já tá guardado, geral já tá cansado de por você ser enganado 
Diz que se inaugurou um novo feriado, "o dia do bandido" e em você foi inspirado
O caos tá instaurado, e o povo é só o tédio, eleição não ganha mais aqui nem pra síndico de prédio, cadê o remédio pra curar nossa colônia?! 
Que transformou a Grande Vitória em uma Babilônia.

Se Deus é por nós, por favor...
Escute nossa voz e ouça esse clamor...
Se tu é por nós, Senhor...
Traga paz porque a daqui já acabou...

Comentários

Mais lidas

Viradão Vitória: muita cultura e agito no Centro da capital capixaba

Silva lança clipe de parceria com Anitta em música do novo álbum

História e turismo: aventura e desafios do Mestre Álvaro

Destaque da cena musical capixaba, Solveris comanda show na SubTrópico