Pular para o conteúdo principal

Belezas e aventura em Pedra Azul, Domingos Martins


Desafios, beleza e aventura. Essas são algumas palavras que podem definir o Parque Estadual de Pedra Azul, localizado em Domingos Martins, na região Serrana do Espírito Santo. O parque fica para ser mais exato no distrito de Aracê, a 50 km do Centro martinense. O monte é considerado um dos mais importantes cartões postais do Estado. É uma formação rochosa de granito, tendo 1822 metros de altitude. Recebe tal nome pela coloração azul esverdeada que toma, conforme o horário em que recebe a luz do sol. Um detalhe interessante é a Pedra do Lagarto, que é unida à Pedra Azul. Ambas as pedras podem ser avistadas da BR-262. A pedra aparenta estar apenas encostada e com formato de um lagarto subindo a Pedra Azul.

Grupo de visitantes na entrada do Parque Estadual de Pedra Azul, em Domingos Martins. (FOTO: Divulgação)
Pedra Azul se tornou parque estadual com o intuito de proteger o patrimônio natural da região. Segundo Carlos Alberto Canal, monitor de trilha e morador antigo do distrito, em 1960, houve a desapropriação de algumas propriedades particulares e o espaço foi criado como reserva biológica. Em 1991 mudou o status para parque e hoje recebe milhares de visitantes. “A diferença é o que o parque recebe visitação monitorada em uma área restrita. Em 1993, começou a visitação nos moldes de como é hoje, com algumas modificações”, destaca o monitor de trilha.

O local é rico em fauna e flora, que são muito diversificadas, incluindo alguns ameaçados de extinção, e um dos parques mais visitados por turistas no Estado, principalmente, no período de inverno. Da fauna, são várias espécies a exemplo de tatu, tamanduá, macaco-prego, veado catingueiro, sabiá e até animais que sofrem ameaça de extinção, como o sagui da serra e o barbado. O parque possui estrutura aberta ao público, com centro de visitantes, diversas trilhas e uma sala com animais empalhados.


O monitor Carlos apresenta o mapa do parque e da região a um grupo de visitantes. (FOTO: Gustavo Andrade/OMMC)
Destino turístico
Não há comércio no interior do parque, mas nas proximidades há hotéis, pousadas, restaurantes, lanchonetes, cafés, entre outros atrativos. Segundo a secretária de Turismo de Domingos Martins, Rejane Entringer Lopes Ewald, esse é um dos fatores que faz Pedra Azul ser um dos maiores potenciais turísticos do Estado, principalmente no período de inverno. “É um grande orgulho ser referência em destino turístico. Trabalhamos com o objetivo de fazer que cada visita ao nosso município seja única, pensando na sensação de aconchego e trazer o desejo do visitante em voltar”, conta Rejane.

A guia turística Shirley Mattos organiza visitas turísticas em todas as regiões capixabas e destaca algumas situações que a fazem levar as pessoas ao parque. “Um dos principais fatos é revelar essa beleza que é de nosso Estado e mostrar o cuidado que se tem para preservar a área”, detalha Shirley.

História e curiosidades
Carlos Alberto Canal relata a paixão que tem ao contar detalhes da história de Pedra Azul aos visitantes. O monitor conta que a família dele tem descendência italiana e está entre as primeiras que chegaram em Pedra Azul. “Minha esposa e família são locais dessa região há muitas gerações. Eles foram uma das primeiras famílias a se estabelecerem aqui”, revela.

O monitor conta ainda outra curiosidade do local. Se tem uma tradição de que ao tocar na Pedra Azul, cada pessoa tem direito a fazer três pedidos.

A atendente de loja Luciana Modesto, com a Pedra Azul e a Pedra do Lagarto ao fundo. (FOTO: Arquivo pessoal)
A atendente de loja Luciana Modesto afirma que a experiência de estar com a natureza em Pedra Azul foi única e que o aprendizado com o monitor foi uma grande experiência e não apenas um simples passeio. “É um aprendizado de como amar e gostar mais da natureza e as falas do Carlos nos deixou com ainda mais curiosidade em relação ao que está por trás da história de Pedra Azul”, conta a atendente de loja.

Comentários

Mais lidas

Clássicos dançantes na Noite do Flashback, em Vitória

Volapuque lança primeiro disco experimental com show em Vitória