Pular para o conteúdo principal

Renan Simões lança disco na FAMES, em Vitória

Acontece nessa sexta-feira (06), às 20h, o lançamento do CD Capixaba, do violonista Renan Simões. O evento será realizado na Sala de Concerto Alceu Camargo, na Faculdade de Música do Espírito Santo (FAMES), com entrada gratuita. O álbum duplo é fruto da seleção de projetos para gravação de CDs de artistas capixabas realizado pela Secretaria de Estado da Cultura (Secult), e serão vendidos a R$ 20,00.  Na ocasião o violonista fará uma pequena performance antes de autografar seu novo disco.

Capixaba
O registro, que transita entre o erudito e o popular, é dividido em Dia (o primeiro CD) e Noite (o segundo). Com obras de autoria do próprio violonista e também de outros compositores tais como: Carlos Cruz, Marcos Bentes, Marcos Zanandréa, Horácio Simões, Marcelo Rauta e Lauro Pecktor.

Violonista Renan Simões lança CD duplo hoje a noite em Vitória. (FOTO: Reprodução/Secult ES)
Renan Simões é doutorando em Música e mestre em Música pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), onde foi orientado por Daniel Wolff e Leonardo Winter, e bacharel em Música pela Faculdade de Música do Espírito Santo (FAMES), orientado por Fabiano Mayer. Iniciou os seus estudos musicais com o pai, Horácio Simões, um talentoso músico amador.

Em 2014, lançou o EP autoral de violão solo Suíte pop/ Quatro miniaturas (Independente) e a coletânea Renan Simões interpreta compositores do Espírito Santo (Fames). Sua obra Quatro miniaturas, para violão solo, foi premiada com o Troféu Terezinha Dora na Mostra do Compositor Erudito Capixaba 2010, e seus Dois momentos bem distintos foram selecionados para integrar o CD Novas, de compositores brasileiros para violão. Em 2011, revisou e gravou duas obras do compositor capixaba Marcelo Rauta, no CD Rerigtiba – Obras de Marcelo Rauta: Miniaturinhazinhas, para violão solo, e Sonatina, para dois violões.

Entre 2010 e 2011 atuou como instrutor do Laboratório de Alta Performance em Instrumento (LAPI) da FAMES. Em 2014, atuou como coordenador da Camerata FAMES de Violões e do Duo FAMES de Violões, além de instrutor do projeto Orquestra de Violões nas Escolas (SEDU/FAMES). Atuou também como professor na Escola de Música Gabriel Camargo em 2011.

Apresentou recitais solo em São Paulo/SP, Rio de Janeiro/RJ, Curitiba/PR, Porto Alegre/RS, Caxias do Sul/RS, Natal/RN, Viçosa/MG, e em diversas cidades do Espírito Santo, além de concertos à frente da Orquestra de Câmara da FAMES e da Orquestra Camerata Sesi.

Em concursos competitivos, recebeu vinte e duas premiações, destacando-se o 1° Lugar e Melhor Intérprete Capixaba no IX Concurso Nacional Villa-Lobos (Vitória/ES), 1° Lugar no XXVII Concurso Latino Americano Rosa Mística (Curitiba/PR), 1° Lugar no IV Concurso de Violão Erudito do Conservatório Musical Villa-Lobos (Osasco/SP), 1° Lugar e Melhor Intérprete de Música Brasileira no V Concurso Áurea Adnet de Música Erudita (Vitória/ES), 1° Lugar e Melhor Intérprete de Fred Schneiter no IV Concurso de Violão Fred Schneiter(Niterói/RJ), e 1° Lugar e Melhor Intérprete de Obra Portuguesa no XI Concurso Internacional Cidade do Fundão (Portugal).

Fonte: Secult ES

Comentários

Mais lidas

TEMPO REAL: 'Equilibrium 8 Anos'

Destaques OMMC #31

Destaque da cena musical capixaba, Solveris comanda show na SubTrópico

Auri e Zé Maholics mostram a força da cena autoral capixaba em Vitória