Pular para o conteúdo principal

Projeto Feijoada grava DVD ao vivo em Vitória

O grupo Projeto Feijoada vai gravar o primeiro DVD da carreira em apresentação gratuita no Ilha Shows, em Vitória, na quarta-feira (2), às 21h. Vários músicos participam do evento, entre eles BNegão e Arlindo Neto. O ingresso pode ser retirado nas lojas Bahamas, Zepellin e no Bicho Guloso. Doações de alimentos e roupas serão aceitos nos pontos e depois entregues ao Asilo de Vitória e para a Associação Beneficiente da Criança e do Adolescente da Barra do Jucu.

O grupo Projeto Feijoada grava o DVD 'Pode chegar', no ilha Shows, em Vitória. (FOTO: Divulgação)
O DVD Pode Chegar contará com a participação especial dos músicos BNegão, Gabriel Moura e Arlindo Neto. A banda, que tem seis integrantes, vai ganhar o apoio de outros seis músicos de base para a apresentação: o trombonista e o saxofonista do Paralamas do Sucesso, Bidu e José Monteiro, o trompetista do Los Hermanos Bubu Silva, o multiinstrumentista capixaba Lucas Arruda, o percusionista da banda Casaca, Anderson Paiva, a professora de canto Aline Hrasko e a sambista Nina Rosa.

No novo trabalho, que também terá uma versão em CD, o grupo investirá em releituras de clássicos do samba e da MPB, deixando um pouco de lado o trabalho autoral que marca a banda. O vocalista Flávio Marão contou que a escolha veio de uma conversa que a banda teve.  "Gostamos muito de fazer releituras, é bom mostrar de um jeito diferente o que já foi feito. Escolhemos as melhores releituras que já fizemos para tocar no show. Já tem tempo que queríamos gravar o DVD, porque os CDs e EPs gravados em estúdio são frios e não mostram o que acontece nos palcos. Queríamos mostrar para o público como é no palco", disse Flávio.

Projeto Feijoada
O Projeto Feijoada foi formado há quase seis anos em Cachoeiro de Itapemirim, na região Sul do Espírito Santo, tocando em bares e entre amigos. "A gente começou tocando em botecos, em volta de uma mesa, nunca em palco. Depois a procura foi aumentando e a gente teve que  ir para o palco, mas levamos a mesa para cima, para lembrar como a gente começou e trazer o clima", disse o vocalista da banda.

O grupo já abriu shows de grandes artistas brasileiros, como Marcelo D2, Diogo Nogueira e Arlindo Cruz. Eles também já fizeram uma turnê internacional, levando a mistura do samba com a música black a cinco países.

Fonte: G1 Espírito Santo

Comentários

Mais lidas

Destaque da cena musical capixaba, Solveris comanda show na SubTrópico

História e turismo: aventura e desafios do Mestre Álvaro

Silva lança clipe de parceria com Anitta em música do novo álbum

Sucesso na web: música de Silva é interpretada por cantora mineira